NEOLIBERALISMO, RACIONALIDADE E SOFRIMENTO SOCIAL:

REFLEXÕES SOBRE O LUGAR DO BEM-ESTAR NO DESENVOLVIMENTO

Autores

  • Carlos Stavizki Junior PPGDR/UNISC
  • Virgínia Elisabeta Etges PPGDR/UNISC
  • Marco André Cadoná PPGDR/UNISC

Palavras-chave:

Racionalidade neoliberal, Hegemonia, Mal-estar social, Saúde Mental

Resumo

O debate a respeito das contradições do neoliberalismo como modelo hegemônico do capitalismo global encontra ressonância em reflexões sobre as estratégias de desenvolvimento e propostas de bem-estar social. A racionalidade neoliberal faz incidir sobre os indivíduos as determinações do sofrimento social, ao tempo em que produz formas alternativas de lidar com as manifestações do sofrimento, no sentido de apagamento de sua expressão social. Neste estudo, discute-se as categorias de “neoliberalismo”, “racionalidade” e “sofrimento social” a partir da análise crítica de seus pressupostos. Compreende-se que o neoliberalismo produz um discurso que contraria a noção de bem-estar social, incitando uma sociabilidade cada vez mais fragilizada e adoecida. Conclui-se que os debates no campo do desenvolvimento regional devem envolver tais categorias e problematizar a produção de mal-estar em processos de desenvolvimento dos territórios.

Biografia do Autor

Carlos Stavizki Junior, PPGDR/UNISC

Mestre em Desenvolvimento Regional; Doutorando no PPGDR/UNISC.

Virgínia Elisabeta Etges, PPGDR/UNISC

Doutora em Geografia Humana (USP); Professora titular do PPG em Desenvolvimento Regional da UNISC; Bolsista Produtividade em Pesquisa do CNPq.

Marco André Cadoná, PPGDR/UNISC

Doutor em Filosofia (UFSC); Professor titular do PPG em Desenvolvimento Regional da UNISC.

Referências

ANDERSON, Perry. Balanço do Neoliberalismo. In: EMIR, Sader; GENTILI, Pablo Gentil (Org.). Pós-neoliberalismo: As políticas Sociais e o Estado Democrático. 6. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.

BOTEGA, Neury José. Comportamento suicida: epidemiologia. São Paulo: Psicol. USP; v. 25, n. 3, p. 231-236, dez., 2014.

DARDOT, Pierre; LAVAL, Christian. A Nova Razão do Mundo: Ensaio sobre a sociedade neoliberal. São Paulo: Editora Boitempo, 2016.

DUNKER, Christian. Mal-estar, sofrimento e sintoma: uma psicopatologia do Brasil entre muros. São Paulo: Boitempo, 2015.

DUNKER, Christian. Crítica da razão diagnóstica: por uma psicopatologia não-toda. In: Vladmir Safatle, Nelson da Silva Junior, Christian Dunker (Orgs.). Patologias do social: arqueologias do sofrimento psíquico. Belo Horizonte: Autêntica, 2020.

DUNKER, Christian. A hipótese depressiva. In: Vladmir Safatle, Nelson da Silva Junior, Christian Dunker (Orgs.). Neoliberalismo como gestão do sofrimento psíquico. Belo Horizonte: Autêntica, 2021.

FRASER, Nancy. Crise de legitimação? Sobre as contradições políticas do capitalismo financeirizado. Cadernos de Filosofia alemã, v. 23, n. 2, p. 153-188, jul - dez, 2018.

GRAMSCI, Antonio. Cadernos do cárcere. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira. v. 1. 2004.HARVEY, David. A brief history of neoliberalismo. Inglaterra: Oxford University Press, 2005.

HARVEY, David. A condição pós-moderna: uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural. São Paulo: Loyola, 1993.

HAYEK, Friedrich. O caminho da servidão. Porto Alegre: Globo, 1977.

KEHL, Maria Rita. O tempo e o cão: a atualidade das depressões. São Paulo:Boitempo, 2009.

NEVES, Cristina C. S.; PEREIRA, Ana Paula C.; PEREIRA, Carlos A. S. Strategies of suicide prevention within the school for teenagers: a literature review on the base medline. Research, Society and Development; v. 9, n. 7, p. e300973945, 2020.

SADER, Emir. A hegemonia neoliberal na América Latina. In: EMIR, Sader; GENTILI, Pablo Gentil (Org.). Pós-neoliberalismo: As políticas Sociais e o Estado Democrático. 6.ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995. 205p.

SAFATLE, Vladimir. Em direção a um novo modelo de crítica: as possibilidades de recuperação contemporânea do conceito de patologia social. In: Vladmir Safatle, Nelson da Silva Junior, Christian Dunker (Orgs.). Patologias do social: arqueologias do sofrimento psíquico. Belo Horizonte: Autêntica, 2020.

SAFATLE, Vladmir; SILVA JUNIOR, Nelson; DUNKER, Christian. Patologias do Social: arqueologias do sofrimento psíquico. 2 ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2020.

SANTOS, Milton. O dinheiro e o território. Rio de Janeiro: GEOgraphia; v. 1, n.1,1999.

TENÓRIO, Fernando. A unidade dos contrários: fordismo e pós-fordismo. Revista de Administração Pública; v. 45, n. 4; pp. 1141-1172, 2011.

THERBORN. Göran. A crise e o futuro do capitalismo. In: EMIR, Sader; GENTILI, Pablo Gentil (Org.). Pós-neoliberalismo: As políticas Sociais e o Estado Democrático. 6.ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.

Downloads

Publicado

2023-06-06

Como Citar

STAVIZKI JUNIOR, C.; ETGES, V. E.; CADONÁ, M. A. . NEOLIBERALISMO, RACIONALIDADE E SOFRIMENTO SOCIAL:: REFLEXÕES SOBRE O LUGAR DO BEM-ESTAR NO DESENVOLVIMENTO. Anais do Simpósio Latino-Americano de Estudos de Desenvolvimento Regional, IJUÍ - RS - BRASIL, v. 3, n. 1, 2023. Disponível em: https://publicacoeseventos.unijui.edu.br/index.php/slaedr/article/view/22948. Acesso em: 23 abr. 2024.

Edição

Seção

ST1 – Gestão social e controle social de territórios

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)