MARKETING DE LUGARES:

UM OLHAR SOBRE A INFRAESTRUTURA DAS CIDADES DA REGIÃO FRONTEIRA NOROESTE A PARTIR DA AVALIAÇÃO DOS GESTORES MUNICIPAIS

Autores

  • Ariosto Sparemberger UNIJUI
  • Luciano Zamberlan UNIJUI
  • Marcia de Fatima Brondani Binelo PPGMMC/UNIJUÍ

Palavras-chave:

Marketing de lugares, Infraestrutura, Cidades

Resumo

O presente estudo teve por objetivo analisar o resultado de uma pesquisa quantitativa e descritiva que foi aplicada aos 20 municípios da Região Fronteira Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. A pesquisa analisou a avaliação dos prefeitos quanto a atual situação do marketing de lugares, voltado para a infraestrutura das cidades, por meio de afirmações de satisfação e ou de insatisfação. O presente estudo ainda procurou diagnosticar as potencialidades e fragilidades das cidades. O método estatístico de distribuição de frequências relativas e a técnica de análise de conteúdo foram empregados para a análise e interpretação dos dados coletados. Os achados evidenciam que existe satisfação das prefeituras, principalmente sobre a saúde pública e a educação pública. As insatisfações estão relacionadas basicamente quanto ao transporte aéreo, parques tecnológicos e científicos e ciclovias. As atividades do agronegócio, industriais e turísticas são as principais potencialidades da região. A redução da população e infraestrutura logística estão entre as principais fragilidades, segundo avaliação das prefeituras da região.

Biografia do Autor

Ariosto Sparemberger, UNIJUI

Doutor em Administração pela UNAM-Argentina. Professor da UNIJUÍ.

Luciano Zamberlan, UNIJUI

Mestre em Gestão Empresaral pela EBAPE/FGV (2001). Professor da UNIJUÍ.

Marcia de Fatima Brondani Binelo, PPGMMC/UNIJUÍ

Doutora em Modelagem Matemática pelo PPGMMC/UNIJUI (2019). . Atua no Programa de Pós-Graduação em Modelagem Matemática. Professora do PPGMMC/UNIJUÍ.

Referências

ALMEIDA,C.C. Marketing as cidades. Gestão e Desenvolvimento, v.12,p.9-45,2004.

ANTUNES, José Eiras. “As Cidades também Precisam de Marketing”, Marketeer, Maio, 2002, pp. 86-87. Disponível em: <https://revistas.ucp.pt/index.php/gestaoedesenvolvimento/article/view/104>.Acesso em: jul.2022.

ATLAS, Socioeconômico Rio Grande do SUL. Pirâmides Etárias e Envelhecimento da População.2020. Disponível em: https://atlassocioeconomico.rs.gov.br/piramides-etarias-eenvelhecimento-da-populacao. Acesso em: jul.2022.

ASHWORTH G. J.; KAVATATZIS, M. Place marketing: howdid we get here and where are we going? In: Journal of Place Managementand Development, v. 1, n. 2, p. 150-165, 2008.

BARDIN, Larence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70,1977.

BERTÊ, A.M.A., LEMOS, B.O., TESTA, G., ZANELLA, M.A.R., OLIVEIRA, S.B. Perfil Socioeconômico - COREDE Fronteira Noroeste. Boletim Geográfico do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, fev. 2016. n. 26, p.258-295 FEE Dados. Disponível em: https://feedados.fee.tche.br/feedados/#!pesquisa=0>.Acesso em: 14 Jul.2022.

FERNANDES, C.A. Análise do discurso: reflexões introdutórias. São Carlos: Editora Claraluz, 2008.

FLIPO, J. P., TEXIER, L. Marketing Territorial: De la Pratique à la Théorie. Revue Française du Marketing, n. 136, 1992.

GIL, Antônio Carlos. Metodologia científica. 4.ed. São Paulo: Atlas,2002.

HEATH, E.;WALL,G. Marketing tourism destinations. Willey, Nova York,1992.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Rio Grande do Sul, Panorama- Cidades, 2022. Disponível em: <https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rs/panorama>.Acesso em: Jun.2022.

KANTER, Rosabeth Moss. World Class – Thriving Locally in the Golbal Economy, PrenticeHall, 1995.

KOTLER, Philip.; (et al.) Marketing de lugares: como conquistar crescimento de longo prazo na América Latina e no Caribe. São Paulo: Prentice Hall, 2006.

KOTLER, Philip. Marketing Público: como atrair investimentos, empresa e turismo para cidades, regiões, estados e países. São Paulo, Ed. Prentice Hall Brasil, 1994.

MALHOTRA, Naresh K. Pesquisa de marketing: uma orientação aplicada. Porto Alegre: Bookman, 2001.

MARCONI, M. de Andrade., LAKATOS, M.. Eva. Metodologia Científica; atualização João B. Medeiros. –r.ed.- Barueri SP: Atlas, 2003.

MINCIOTTI, A.S.; SILVA, da C.E. Marketing de localidades: uma abordagem ampliada sobre o desenvolvimento da Cidade ou Região. Revista Turismo e Ação. Vol.12.n 3. setdez.2011. Disponível em: < https://periodicos.univali.br/index.php/rtva/article/view/2182>. Acesso em Jun.2022.

OCKE; IKEDA. Marketing de lugar: estado da arte e perspectivas futuras. Revista de administração da USP. v.n.4, p 671-683. São Paulo, 2014.

OCKE, Marco,A.M.; IKEDA, Ana,A .Marketing de Lugares: os recifes artificiais multifuncionais como proposta de atração turística. Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo. Pp.496-512.v.7,n.3 set./dez. São Paulo, 2013.Disponível em:<https://rbtur.org.br/rbtur/article/view/519>. Acesso em: jun.2022.

VERGARA, Sylvia C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas, 1998.

TRIVIÑOS, Augusto N.S. Introdução à pesquisa em Ciências Sociais: a pesquisa qualitativa em educação: São Paulo: Atlas, 1987.

Downloads

Publicado

2023-06-06

Como Citar

SPAREMBERGER, A.; ZAMBERLAN, L.; BINELO, M. de F. B. . MARKETING DE LUGARES:: UM OLHAR SOBRE A INFRAESTRUTURA DAS CIDADES DA REGIÃO FRONTEIRA NOROESTE A PARTIR DA AVALIAÇÃO DOS GESTORES MUNICIPAIS. Anais do Simpósio Latino-Americano de Estudos de Desenvolvimento Regional, IJUÍ - RS - BRASIL, v. 3, n. 1, 2023. Disponível em: https://publicacoeseventos.unijui.edu.br/index.php/slaedr/article/view/22850. Acesso em: 23 abr. 2024.

Edição

Seção

ST6 - Cidades e Territórios criativos e sustentáveis