SISTEMAS ALIMENTARES E SINDEMIA GLOBAL

Autores

  • Mirian Cozer PPGDR/UTFPR
  • Rozane Marcia Triches UFFS
  • Miguel Angelo Perondi UTFPR

Palavras-chave:

Sistemas Alimentares, Sindemia Global, Agroecologia, Agroindústria

Resumo

Apresenta-se uma reflexão exploratória sobre a relação da Sindemia Global sobre o sistema alimentar dominante. Para isso, utilizou-se de uma revisão narrativa da literatura, em que foi possível evidenciar que as pandemias de desnutrição/fome/insegurança alimentar e obesidade, em conjunto com as mudanças climáticas apresentam um importante ponto de convergência com a forma pela qual os alimentos são produzidos, processados, distribuídos, comercializados e consumidos, que é a insustentabilidade dos sistemas alimentares atuais, do sistema alimentar hegemônico, dominante. A partir disso, sugere-se a adoção de estratégias de implantação de sistemas alimentares alternativos, uma vez que, verifica-se a necessidade de mudanças nos princípios que norteiam os modos de vida, consumo, transporte e alimentação, os quais, diferente da orientação atual, compreendendo o impacto na saúde dos indivíduos e as repercussões no planeta. Detecta-se a urgência em uma mudança em direção a sustentabilidade, incluindo a construção de sistemas alimentares mais resilientes, justos, saudáveis e sustentáveis. Para tanto, o desenvolvimento de ações sinérgicas entre os diferentes atores e setores da sociedade, e o fortalecimento e melhoria de políticas públicas pautadas em sistemas alimentares mais saudáveis e sustentáveis, que integram a saúde do meio ambiente, bem-estar, saúde humana e planetária.

Biografia do Autor

Mirian Cozer, PPGDR/UTFPR

Nutricionista, Doutoranda em Desenvolvimento Regional pelo PPGDR/UTFPR. 

Rozane Marcia Triches, UFFS

Nutricionista, Doutora em Desenvolvimento Rural (UFRGS). Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS).

Miguel Angelo Perondi, UTFPR

Agrônomo, Doutor em Desenvolvimento Rural (UFRGS). Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

Referências

ABRAMOVAY, Ricardo. Desafios para o sistema alimentar global. Ciência e Cultura, [s. l.], v. 73, n. 1, p. 53-57, jan./mar. 2021. DOI http://dx.doi.org/10.21800/2317-66602021000100011. Disponível em: http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?pid=S0009-67252021000100011&script=sci_arttext. Acesso em: 31 ago. 2022.

ALPINO, Tais de Moura Ariza et al. Os impactos das mudanças climáticas na Segurança Alimentar e Nutricional: uma revisão da literatura. Ciência & Saúde Coletiva , [s. l.], v. 27, n. 1, p. 273-286, Jan 2022. DOI https://doi.org/10.1590/1413-81232022271.05972020. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csc/a/Rdr4LGpjWwGfmkgxMs6pLSL/. Acesso em: 31 ago. 2022.

BISPO, Tayline Walverde et al. Cadeias produtivas dos frutos nativos do Cerrado: estudo de caso sobre o agroextrativismo no Vale do Rio Urucuia em Minas Gerais e no Sul Maranhense. Informe GEPEC, [S. l.], v. 25, p. 133–152, 2021. DOI: 10.48075/igepec.v25i0.26388. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/gepec/article/view/26388. Acesso em: 31 ago. 2022.

BORTOLOTTI, Mônica Aparecida. Práticas alimentares dos agricultores familiares no contexto do terceiro regime alimentar: um estudo de caso do município de Palmitos/SC. Orientador: Dr. Nilson Maciel de Paula. 2019. 156 p. Tese (Doutorado) - Curso de Pós-Graduação em Políticas Públicas, Setor de Ciências Sociais e Aplicadas da Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2019. Disponível em: https://acervodigital.ufpr.br/bitstream/handle/1884/66331/R%20-%20T%20-%20MONICA%20APARECIDA%20BORTOLOTTI.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 31 ago. 2022.

BURIGO, André Campos; PORTO, Marcelo Firpo. Agenda 2030, saúde e sistemas alimentares em tempos de sindemia: da vulnerabilização à transformação necessária. Ciência & Saúde Coletiva, n. 26. v. 10. p. 4411-4424, 2021. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csc/a/p36TMkBKMZqnkxD7WXcfbxx/?lang=pt&format=pdf. Acesso em: 31 ago. 2022.

CARON, Patrick. et al. Sistemas Alimentares para o desenvolvimento sustentável: propostas para uma profunda transformação em quatro partes. In.: PREISS, Potira V.; SCHNEIDER, Sergio. Sistemas Alimentares no século XXI: Debates Contemporâneos. Editora UFRGS, 2020. p.25- 50. Disponível em:https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/211399/001115756.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 31 ago. 2022.

CARVALHO, Karina de Paula. As conexões entre o sistema alimentar dominante e a covid-19: desafios à Segurança Alimentar e Nutricional no tempo presente e após. Segurança Alimentar e Nutricional, Campinas, SP, v. 28, n. 00, p. e021011, 2021. DOI: 10.20396/san.v28i00.8661416. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/san/article/view/8661416. Acesso em: 31 ago. 2022.

CORDEIRO, Alexander Magno et al. Revisão sistemática: uma revisão narrativa. Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. v. 34, n. 6, pp. 428-431, 2007. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/S0100-69912007000600012>. Acesso em: 31 ago. 2022.

CRUZ, Maria Sirlene da et al. Comprando qualidade: costume, gosto e reciprocidade nas feiras livres do Vale do Jequitinhonha. Revista de Economia e Sociologia Rural, [s. l.], v. 60, n. spe, ed. e245926, p. 1-20, 2022. DOI https://doi.org/10.1590/1806-9479.2021.245926. Disponível em: https://www.scielo.br/j/resr/a/CYdJ3VwDWCz3FXbTdHCWb6H/?lang=pt#. Acesso em: 31 ago. 2022.

DAROLT, Moacir Roberto. Circuitos curtos de comercialização de alimentos ecológicos: reconectando produtores e consumidores. In: NIEDERLE, Paulo André; ALMEIDA, Luciano de; VEZZANI, Fabiane Machado. Agroecologia: práticas, mercados e políticas para uma nova agricultura. 393. ed. Curitiba: Kairós, 2013. cap. 2, p. 139-170. ISBN 978-85-63806-16-1. Disponível em: https://terradedireitos.org.br/wp-content/uploads/2013/07/Livro-AGROECOLOGIA-FINAL-IMPRESSO.pdf. Acesso em: 31 ago. 2022.

DAROLT, Moacir Roberto; ROVER, Oscar José. Circuitos curtos de comercialização, agroecologia e inovação social. Florianópolis: Estúdio Semprelo, 2021. ISBN 978-65-991203-2-9. Disponível em:https://www.agricultura.pr.gov.br/sites/default/arquivos_restritos/files/documento/2021-10/circuitos_curtos_2.pdf. Acesso em: 31 ago. 2022.

DEVERRE, Christian.; LAMINE, Claire. Les systèmes agroalimentaires alternatifs. Une revue de travaux anglophones en sciences sociales. Économie rurale. Agricultures, alimentations, territoires, n. 317, p. 57-73, mai/jun. 2010.Disponível em: https://journals.openedition.org/economierurale/2676. Acesso em: 31 ago. 2022.

DINIZ, Janaína Deane de Abreu Sá; CERDAN, Claire. Produtos da sociobiodiversidade e cadeias curtas: aproximação socioespacial para uma valorização cultural e econômica. In: GAZOLLA, Marcio; SCHNEIDER, Sergio. Cadeias curtas e redes agroalimentares alternativas. Porto Alegre: Editora da UFRGS, p. 259- 280, 2017. Disponível em: https://lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/232245/001020657.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 31 ago. 2022.

FAO; IFAD; UNICEF; WFP; WHO. Food and Agriculture Organization of the United Nations International Fund for Agricultural Development | United Nations Children’s Fund United Nations World Food Programme | World Health Organization. The State of Food Security and Nutrition in the World (SOFI). Rome, Italy: [s. n.], 2022. 260 p. ISBN 978-92-5-136499-4. DOI https://doi.org/10.4060/cc0639en. Disponível em: https://www.fao.org/3/cc0639en/cc0639en.pdf. Acesso em: 31 ago. 2022.

FOLU. The Food and Land Use Coalition. Growing Better Ten Critical Transitions for Transform Food and Land Use. September, 2019. Disponível em: https://www.foodandlandusecoalition.org/global-report/. Acesso em: 31 ago. 2022.

FIALHO, Luís Pedro Subtil. Como contribuir para a sustentabilidade sendo economicamente viável: estudo de casos dos Sistemas Alimentares Alternativos. Orientador: Doutora Maria Fátima Ferreiro. 2020. 85 p. Dissertação (Mestre em Economia da Empresa e da Concorrência) - Instituto Universitário de Lisboa, Lisboa, 2020. Disponível em: https://repositorio.iscte-iul.pt/bitstream/10071/21808/4/master_luis_subtil_fialho.pdf. Acesso em: 31 ago. 2022.

FRIEDMANN, Harriet; MCMICHAEL, Philip. Agriculture and The State System: The rise and decline of national agricultures, 1870 to the present. Sociologia Ruralis, v. 29, n. 2, p. 93–117, 1989. Dispnível em: https://www.researchgate.net/profile/Philip-Mcmichael/publication/309717358_The_world-historical_development_of_agriculture_western_agriculture_in_comparative_perspective/links/6231f874069a350c8b922051/The-world-historical-development-of-agriculture-western-agriculture-in-comparative-perspective.pdf. Acesso em: 31 ago. 2022.

GARCIA, Jessica Pereira et al. Dinâmicas alimentares alternativas e gastronomia: consumo de produtos locais em restaurantes de Brasília. Revista Grifos, [s. l.], v. 31, n. 57, p. 1-18, 31 mar. 2022. DOI http://dx.doi.org/10.22295/grifos.v31i57.6729. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/359538658_DINAMICAS_ALIMENTARES_ALTERNATIVAS_E_GASTRONOMIA_CONSUMO_DE_PRODUTOS_LOCAIS_EM_RESTAURANTES_DE_BRASILIA. Acesso em: 31 ago. 2022.

GLIESSMAN, Stephen R. Agroecology: The Ecology of Sustainable Food Systems. 3rd Edition. ed. Boca Raton: CRC Press, 2014. 405 p. ISBN 9780429153709. DOI https://doi.org/10.1201/b17881. Disponível em: https://doi.org/10.1201/b17881. Acesso em: 31 ago. 2022.

GOODMAN, David; DUPUIS, E. Melanie; GOODMAN, Michael K. Alternative Food Networks. 1. ed. London: Routledge, 2012. 320 p. ISBN 9780203804520. DOI https://doi.org/10.4324/9780203804520. Disponível em: https://www.taylorfrancis.com/books/mono/10.4324/9780203804520/alternative-food-networks-david-goodman-michael-goodman-melanie-dupuis. Acesso em: 31 ago. 2022.

HENDLER, Vanessa Magnus; RUIZ, Liziane Nicolodi Francescato; OLIVEIRA, Luciana Dias de. Sociobiodiversidade na escola, promoção da saúde, da sustentabilidade e da cultura: um movimento em construção no município de Mostardas/ RS. Agricultura Familiar: Pesquisa, Formação e Desenvolvimento, Belém, v. 15, n. 1, p. 115-134, jan-jun 2021. Disponível em: https://periodicos.ufpa.br/index.php/agriculturafamiliar/article/view/9949. Acesso em: 31 ago. 2022.

HLPE. High Level Panel of Experts on Food Security and Nutrition. Nutrition and food systems. A report by the High Level Panel of Experts on Food Security and Nutrition of the Committee on World Food Security, Rome: HLPE; 2017. Disponível em: https://www.fao.org/3/i7846e/i7846e.pdf. Acesso em: 31 ago. 2022.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Nacional de Saúde - PNS, 2019. In: Sidra: sistema IBGE de recuperação automática. Rio de Janeiro, 2019. Disponível em: < https://sidra.ibge.gov.br/pesquisa/pns/pns-2019#Antropometria>. Acesso em: 31 ago. 2022.

MARTINELLI, S. S. Critérios para aquisição e consumo de alimentos no desenvolvimento de sistemas agroalimentares saudáveis e sustentáveis. Tese (doutorado) Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Nutrição. Florianópolis, 2018. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/189327/PNTR0213-T.pdf?sequence=-1&isAllowed=y. Acesso em: 31 ago. 2022.

MENDENHALL, Emily; SINGER, Merrill. What constitutes a syndemic? Methods, contexts, and framing from 2019. Current Opinion in HIV and AIDS, v. 15, n. 4, p. 213–217, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1097/COH.0000000000000628. Acesso em: 31 ago. 2022.

MONTEIRO, Carlos Augusto. et al. NOVA. The Star Shines Bright (Food Classification. Public Health). World Nutrition, v. 7, n. 1–3, p. 28–38, 2016. Disponível em: https://worldnutritionjournal.org/index.php/wn/article/view/5. Acesso em: 31 ago. 2022.

PAULA, Natália Ferreira de, BEZERRA, Islandia; PAULA, Nilson Maciel. Saúde coletiva e agroecologia : necessárias conexões para materializar sistemas alimentares sustentáveis e saudáveis. Saúde em Debate, v. 46, n. spe2, p. 262–276, 2022. Disponível em: https://www.saudeemdebate.org.br/sed/article/view/5009. Acesso em: 31 ago. 2022.

PARRADO-BARBOSA, Alvaro; RUIZ, Eliziane Nicolodi; TRICHES, Rozane Marcia. Sustentabilidade, circuitos curtos de abastecimento e compras públicas de alimentos. [S. l.]: UFFS, 2022. 321 p. Disponível em: https://www.uffs.edu.br/institucional/reitoria/editora-uffs/sustentabilidade_circuitos_curtos_de_abastecimento_e_compras_publicas_de_alimentos. Acesso em: 31 ago. 2022.

POULAIN, Jean-Pierre. Sociologia da alimentação: os comedores e o espaço social alimentar. Tradução: Rossana Pacheco da Costa Proença, Carmen Sílvia Rial, Jaimir Conte. 2.ed. Florianópolis: EDUFSC, 2013. 286p.

PRYOR, Sydney; DIETZ, William. The COVID-19, Obesity, and Food Insecurity Syndemic. Current Obesity Reports, [s. l.], v. 11, n. 3, p. 70-79, Set 2022. DOI 10.1007/s13679-021-00462-w. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC9399358/. Acesso em: 31 ago. 2022.

RAMOS, Mariana Oliveira; CRUZ, Fabiana Thomé da; SOUZA, Gabriela Coelho-de-. Cadeia do açaí juçara no sul do Brasil: reflexões sobre sua trajetória como instrumento de proteção e valorização da sociobiodiversidade na Mata Atlântica. In: PARRADO-BARBOSA, Alvaro; RUIZ, Eliziane Nicolodi; TRICHES, Rozane Marcia. Sustentabilidade, circuitos curtos de abastecimento e compras públicas de alimentos. [S. l.]: UFFS, 2022. cap. 4, p. 93-110. Disponível em: https://www.uffs.edu.br/institucional/reitoria/editora-uffs/sustentabilidade_circuitos_curtos_de_abastecimento_e_compras_publicas_de_alimentos. Acesso em: 31 ago. 2022.

Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (REDE PENSSAN). - II Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil. II VIGISAN. São Paulo, Fundação Friedrich Ebert: Rede PENSSAN, 2022. Disponível em: https://olheparaafome.com.br/. Acesso em: 31 ago. 2022.

RENTING, Henk; MARSDEN, Terry; BANKS, Jo. Compreendendo as redes alimentares alternativas: o papel de cadeias curtas de abastecimento de alimentos no desenvolvimento rural. In: GAZOLLA, Marcio; SCHNEIDER, Sergio. Cadeias curtas e redes agroalimentares alternativas. Porto Alegre: Editora da UFRGS, p. 27-51, 2017. Disponível em: https://lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/232245/001020657.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 31 ago. 2022.

ROTHER, Edna Terezinha. Revisão sistemática X revisão narrativa. Acta Paulista de Enfermagem, v. 20, n. 2, p. v-vi, 17 jul. 2007. DOI https://doi.org/10.1590/S0103-21002007000200001. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ape/a/z7zZ4Z4GwYV6FR7S9FHTByr/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 31 ago. 2022.

SCHNEIDER, Sergio; PREISS, Potira Viegas. Sistemas alimentares no século XXI debates contemporâneos. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2020. 360 p. Disponível em: https://lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/211399/001115756.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 31 ago. 2022.

SWINBURN, Boyd A. et al. The Global Syndemic of Obesity, Undernutrition, and Climate Change: The Lancet Commission report. The Lancet, [s. l.], v. 393, n. 10173, p. 791-846, 23 fev. 2019. DOI 10.1016/S0140-6736(18)32822-8. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/30700377/. Acesso em: 31 ago. 2022.

TELLES, Renato; STREHLAU, Vivian Iara. Canais de marketing & distribuição: conceitos,estratégias, modelos de decisão. São Paulo: Saraiva, 2006.

WILKINSON, John. Mercados, redes e valores: o novo mundo da agricultura familiar. Porto Alegre: UFRGS, 2008.

WILLETT, Walter et al. Food in the Anthropocene: the EAT-Lancet Commission on healthy diets from sustainable food systems. The Lancet, [s. l.], v. 393, n. 10170, p. 447-492, 2 fev. 2019. DOI 10.1016/S0140-6736(18)31788-4. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/30660336/. Acesso em: 31 ago. 2022.

Downloads

Publicado

2023-06-06

Como Citar

COZER, M. .; TRICHES, R. M. .; PERONDI, M. A. . SISTEMAS ALIMENTARES E SINDEMIA GLOBAL. Anais do Simpósio Latino-Americano de Estudos de Desenvolvimento Regional, IJUÍ - RS - BRASIL, v. 3, n. 1, 2023. Disponível em: https://publicacoeseventos.unijui.edu.br/index.php/slaedr/article/view/22929. Acesso em: 12 abr. 2024.