DESENVOLVIMENTO REGIONAL, DESIGUALDADES SOCIOECONÔMICAS E INSERÇÃO NO SISTEMA-MUNDO: O CASO DO BRASIL

  • Ivo Marcos Theis
  • Luciana Butzke
  • Oklinger Mantovaneli Junior
Palavras-chave: Brasil, Desenvolvimento desigual, Desenvolvimento regional, Pensamento social brasileiro

Resumo

O tema deste artigo é desenvolvimento regional no Brasil. Quais variáveis podem explicar as
regionalizações que ocorreram ao longo do processo de formação territorial do Brasil? Há nexos
entre a configuração regional, o acúmulo de desigualdades e a ocorrência de conflitos sociais ao
longo da formação territorial do Brasil? O que explica a natureza da inserção do Brasil no sistemamundo,
ou seja, de sua condição de formação social semiperiférica? Para responder a essas
questões, perseguiu-se os seguintes objetivos: proceder a uma leitura crítica da formação territorial
do Brasil, apoiada em intérpretes selecionados do pensamento social brasileiro, com vistas à
identificação das variáveis que podem explicar as suas regionalizações; buscar nexos entre a
configuração regional, o acúmulo de desigualdades e a ocorrência de conflitos sociais ao longo da
formação territorial do Brasil; reunir evidências que permitem explicar a inserção do Brasil no
sistema-mundo. Os resultados indicam que a configuração regional do Brasil, uma formação social
semiperiférica, pode ser explicada pela natureza de sua inserção Brasil no chamado sistema-mundo

Biografia do Autor

Ivo Marcos Theis

Professor do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional da Universidade Regional de Blumenau.

Luciana Butzke

Professora do Centro de Ciências Humanas e da Comunicação da Universidade Regional de Blumenau.

Oklinger Mantovaneli Junior

Professor do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional da Universidade Regional de Blumenau.

Publicado
2018-12-13
Seção
EIXO 1:ESTADO, DEMOCRACIA, POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO SOCIAL DO DESENVOLVIMENTO