DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E TURISMO:

UMA COMPREENSÃO DA SUSTENTABILIDADE TURÍSTICA NA TRILHA DOS SANTOS MÁRTIRES DAS MISSÕES/RS

Autores

  • Cleber Magalhães Tobias PPGDPP/UFFS
  • Carlos Eduardo Ruschel Anes PPGDPP/UFFS

Palavras-chave:

Desenvolvimento sustentável, Dimensões de sustentabilidade, Turismo, Trilha dos Santos Mártires das Missões

Resumo

O turismo é um ótimo meio para promover a valorização das comunidades – no entanto, caso seja planejado inadequadamente e de forma inconsciente, pode não somente trazer prejuízos ao meio ambiente como também para a garantia de permanência das gerações futuras. Desse modo, o desenvolvimento sustentável se apresenta como uma alternativa viável, sobretudo no âmbito do turismo. Assim, o objetivo geral desse estudo foi compreender a sustentabilidade turística da Trilha dos Santos Mártires das Missões/RS enquanto um potencial roteiro turístico, estabelecendo relações com as dimensões de sustentabilidade. Cabe sublinhar que o entendimento de desenvolvimento sustentável ocorre através da apreensão das cinco dimensões de sustentabilidade, a saber: ambiental, social, territorial, econômica e política – tais definições foram desenvolvidas por Sachs (2004). Propõe-se, portanto, apresentar também a correlação com as dimensões da sustentabilidade turística. À vista disso, as potencialidades da TSMM enquanto rota turística são explicitadas neste estudo através da relação entre o turismo e o desenvolvimento sustentável.

Biografia do Autor

Cleber Magalhães Tobias, PPGDPP/UFFS

Mestre em Desenvolvimento e Políticas Públicas pelo PPGDPP/UFFS, Campus Cerro Largo.

Carlos Eduardo Ruschel Anes, PPGDPP/UFFS

Doutor em Desenvolvimento Regional pelo PPGDR/UNISC. Professor e pesquisador do PPGDPP/UFFS, Campus Cerro Largo.

Referências

BRASIL. Ministério do Turismo. Turismo e Sustentabilidade: Orientações para prestadores de serviços turísticos. Brasília, 2016. Disponível em: http://www.turismo.gov.br/. Acesso em: 23 set. 2020.

BUSARELLO, Mônica Tatiana Bunese. Circuito de cicloturismo e transformações territoriais no Médio Vale do Itajaí/SC (2006/2018). 2020. 201 f., il. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional) – PPGDR - Universidade Regional de Blumenau, Blumenau, 2020. Disponível em: http://www.bc.furb.br/docs/DS/2020/366901_1_1.pdf. Acesso em: 14 mai. 2021.

COMISSÃO MUNDIAL SOBRE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO (CMMAD). Nosso Futuro Comum (Relatório Brundtland). 2ª Edição. Rio de Janeiro: Editora da Fundação Getúlio Vargas, 1991.

CONFERÊNCIA DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO (CNUMAD). Agenda 21. Rio de Janeiro, 1992. Disponível em: https://www.mma.gov.br/responsabilidade-socioambiental/agenda-21/agenda-21-global.html. Acesso em: 02 set. 2020.

FRANCISCO, Wagner de Cerqueira e. "Eco-92". Brasil Escola. 2019. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/eco-92.htm. Acesso em: 02 out. 2020.

FURTADO, Celso. Os desafios da nova geração. Revista de Economia Política, vol. 24, n. 4, p. 483-486, 2004. http://dx.doi.org/10.1590/0101-35172004-1639. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/26832

_Os_Desafios_da_Nova_Geracao Acesso em: 25 out. 2021.

GEHRE, T.; CABRAL, R. (Orgs.) Guia agenda 2030 [livro eletrônico]: Integrando ODS, educação e sociedade. São Paulo: Lucas Fúrio Melara: Raquel Cabral, 2020. PDF. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/202818. Acesso em: 20 mai. 2022.

IRVING, M. et al. Revisitando significados em sustentabilidade no planejamento turístico. Caderno Virtual de Turismo, Vol. 5, p.1-8, 2005. Disponível em: http://www.spell.org.br/documentos/ver/21011/revisitando-significados-em-sustentabilidade-no-planejamento-turistico Acesso em: 15 ago. 2021.

IRVING, M; FRAGELLI, C. Turismo inclusivo: conceito vazio ou oportunidade de inovação em planejamento turístico? Revista Turismo & Desenvolvimento, v.3, n.17/18, p.1431-1440, 2012.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. Banco de dados agregados do IBGE-Cidades. 2010. Disponível em: http://www.cidades.ibge.gov.br/xtras/home.php. Acesso em: 10 abr. 2022.

KRUEL, A. Ignacy Sachs – uma voz sempre atual na sociedade. VI Encontro de Estudos Organizacionais da ANPAD. Florianópolis. 2010.

MEDEIROS, L.; MORAES, P. Turismo e sustentabilidade ambiental: referências para o desenvolvimento de um turismo sustentável. Revista Meio Ambiente e Sustentabilidade. Vol.3, n. 2, 2013.

MINISTÉRIO DO TURISMO. Programa de Regionalização do Turismo – Roteiros do Brasil. Cadernos de Turismo. Conteúdo Fundamental – Turismo e Sustentabilidade. Brasília: Ministério do Turismo, 2007, p. 126.

MINISTÉRIO DO TURISMO. Programa de Regionalização do Turismo – Diretrizes. Brasília: Ministério do Turismo, 2013, 47p.

ONU. Declaração da Conferência da ONU sobre o Ambiente Humano. Estocolmo, 1972. Disponível em: http://www.direitoshumanos.usp.br/index.php/Meio-Ambiente/declaracao-de-estocolmo-sobre-o-ambiente-humano.html Acesso em: 06 out. 2020.

SACHS, Ignacy. Estratégia de transição para o século XXI: desenvolvimento e meio ambiente. São Paulo: Nobel/Fundap, 1993.

SACHS, Ignacy. Caminhos para o desenvolvimento sustentável. Rio de Janeiro: Garamond, 2002, 96p.

SACHS, I. Desenvolvimento includente, sustentável, sustentado. Rio de Janeiro: Garamond, 2004, 152p.

SERVA, M. Racionalidade e Organizações: o fenômeno das organizações substantivas. Volumes I e II. São Paulo: FGV, 1996. Tese (Doutorado em Administração) - Escola de Administração de Empresas de São Paulo, Fundação Getúlio Vargas, 1996. Acesso em: 05 mai. 2021. Disponível em: http://hdl.handle.net/10438/4533

TOBIAS, C. Turismo e desenvolvimento: uma compreensão das racionalidades e dimensões de sustentabilidade na Trilha dos Santos Mártires das Missões/RS. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento e Políticas Públicas) – Universidade Federal da Fronteira Sul. Cerro Largo. 2022.

Downloads

Publicado

2023-06-06

Como Citar

TOBIAS, C. M.; ANES, C. E. R. . DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E TURISMO:: UMA COMPREENSÃO DA SUSTENTABILIDADE TURÍSTICA NA TRILHA DOS SANTOS MÁRTIRES DAS MISSÕES/RS. Anais do Simpósio Latino-Americano de Estudos de Desenvolvimento Regional, IJUÍ - RS - BRASIL, v. 3, n. 1, 2023. Disponível em: https://publicacoeseventos.unijui.edu.br/index.php/slaedr/article/view/22868. Acesso em: 23 abr. 2024.