PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO NA GESTÃO DAS EMPRESAS: UM COMPARATIVO ENTRE SIMPLES NACIONAL, LUCRO PRESUMIDO E LUCRO REAL

  • Roberto Carlos Dalongaro
  • Patrícia Ingrid Arce Ouriques
  • Rafaela Pess Lincke
  • Luís Fernando Peixoto Wesz
  • Guilherme Batista
  • Vando Knob Hartmann
Palavras-chave: Planejamento tributário, Simples Nacional, Lucro Presumido, Lucro Real, Alíquotas

Resumo

O objetivo deste artigo é de demonstrar a importância do Planejamento Tributário na gestão
de uma empresa, onde podemos verificar, um breve comparativo entre os regimes
tributários brasileiros, onde os empresários podem optar entre os Sistemas de tributação
conhecidos como Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real, desse modo, fazendo
com que vise o melhor regime que se enquadre na empresa. A análise comparativa mostra
os resultados dos 03 regimes, onde o empreendedor poderá escolher por aquele mais viável
a se utilizar, visando que diminua seus impostos a serem pagos. O método utilizado foi a
pesquisa bibliográfica e descritiva, dando ênfase a necessidade da empresa, para a melhor
busca de resultados e onde possa se identificar qual o modelo tributário que melhor se
adapte.

Biografia do Autor

Roberto Carlos Dalongaro

Discente do programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Regional da UNIJUI.

Patrícia Ingrid Arce Ouriques

Graduanda do VII semestre de Ciências Contábeis da URI - Campus São Luiz Gonzaga - RS.

Rafaela Pess Lincke

Graduanda do VII semestre de Ciências Contábeis da URI - Campus São Luiz Gonzaga - RS.

Luís Fernando Peixoto Wesz

Professor do Curso de Ciências Contábeis da URI - Campus São Luiz Gonzaga - RS.

Guilherme Batista

Professor do Curso de Ciências Contábeis da URI - Campus São Luiz Gonzaga - RS.

Vando Knob Hartmann

Doutorando em Administração - UNaM - Posadas - Argentina.

Publicado
2018-12-17