O PROCESSO DE SUCESSÃO DA TERRA NA AGRICULTURA FAMILIAR NO MUNICÍPIO DE PINHAL GRANDE/RS

  • Ivani Belenice Dallanôra
  • Cibele Pase Liberalesso
Palavras-chave: Sucessão familiar, Agricultura familiar, Diversificação produtiva, Jovens

Resumo

A sucessão familiar é uma temática que vem sendo atualmente debatida, pois os jovens em virtude das
dificuldades apresentadas no meio rural não estão sentindo-se motivados em dar continuidade às atividades
que estão sendo desenvolvidas pelos seus pais. Diante desta realidade e da observação de que em Pinhal
Grande muitos jovens estão migrando do espaço rural é que se justifica este estudo. Nesta perspectiva o
objetivo geral do presente trabalho é analisar o processo de sucessão da terra na agricultura familiar do
referido município. Como objetivos específicos buscaram-se: (a)identificar as localidades do município em que
a sucessão familiar vem se desenvolvendo; (b) conhecer quais as atividades produtivas que estão contribuindo
para a permanência dos filhos nas propriedades familiares; (c) identificar os desafios encontrados pelos
sucessores para permanecerem desenvolvendo as atividades dos pais e (d) investigar quais os fatores que vem
ocasionando o abandono das atividades rurais pelos jovens rurais. A abordagem metodológica da pesquisa é de
caráter qualitativo, descritivo e bibliográfico, pois se utilizou de dados em fontes primárias e secundárias Os
resultados indicam que a sucessão familiar no município vem desenvolvendo-se em poucas localidades e que
sua efetivação está diretamente relacionada ao processo de diversificação produtiva, pois nas propriedades
familiares que estão diversificando a produção, os filhos, mesmo com dificuldades, procuram dar continuidade
as atividades desenvolvidas pelos pais.

Publicado
2018-12-17
Seção
EIXO 2: SISTEMAS PRODUTIVOS E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL