ANÁLISE ESPACIAL DA RELAÇÃO ENTRE QUALIDADE DA EDUCAÇÃO E ESPECIALIZAÇÃO PRODUTIVA NO ESTADO DO PARANÁ

  • Renata Cattelan UNIOESTE
  • Fernanda Mendes Bezerra UNIOESTE
  • Marcelo Lopes De Moraes UNIOESTE
Palavras-chave: Educação, Setores produtivos, Análise Exploratória de Dados Espaciais

Resumo

Os setores econômicos em geral sofrem modificações com a inserção de capital
humano, alguns com mais intensidade do que outros. Por este motivo, a educação tem papel
primordial no crescimento e desenvolvimento de uma nação. Neste sentido, o objetivo desta
pesquisa é verificar se existe relação espacial entre a qualidade do ensino e a especialização
dos setores produtivos. Ainda, verificar em qual dos setores a influência da educação é mais
significativa. A metodologia utilizada foi a Análise Exploratória de Dados Espaciais (AEDE)
com objetivo de identificar espacialmente como ocorre a associação entre as duas variáveis
para os municípios do estado do Paraná, para os anos de 2012 e 2016, comparativamente. A
variável utilizada para medir a qualidade do ensino foi o IDEB, enquanto que a variável
referente a especialização dos setores foi calculada por meio do Quociente Locacional (QL),
utilizando como variável base o número de empregos por setor. Os principais resultados
mostraram que a especialização do setor agropecuário e do setor de serviços é associado
negativamente com a variável IDEB, enquanto que os setores do comércio, construção civil
e indústria apresentam relação positiva com a qualidade da educação, para os dois anos.

Publicado
2018-12-17
Seção
EIXO 2: SISTEMAS PRODUTIVOS E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL