CONCEPÇÕES SOBRE A INTERDISCIPLINARIDADE EM TEMPO DE PANDEMIA: OLHARES DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS DA NATUREZA

  • Paulo Sérgio Batista
  • Ana Paula Santellano de Oliveira
  • Roniere dos Santos Fenner
  • Neila Seliane Pereira Witt
Palavras-chave: Ciências da Natureza, Ensino Médio, Interdisciplinaridade, Pandemia

Resumo

No ano de 2020 teve início o distanciamento social provocado pela presença de um novo vírus, chamado Sars-CoV-2, que se propaga com facilidade em países do mundo todo. Em um curto tempo, a propagação da doença ocasionou problemas políticos e sociais em grandes proporções (FRANCO et al. 2020), além de dúvidas e incertezas acerca do futuro.

Com o isolamento social, promovido após o anúncio da pandemia mundial pela OMS (Organização Mundial da Saúde) em março de 2020, percebemos a importância dos recursos tecnológicos para a comunicação. Passamos a conhecer plataformas virtuais que possibilitam desenvolver estratégias de Ensino Remoto Emergencial (ERE), como Google Meet e Zoom, que facilitaram o repensar sobre o sentido real da escola e do ensino para as novas gerações (COSTA; LIMA; PINHEIRO, 2010). No entanto, se colocam os questionamentos: os professores se reinventaram? Eles estavam preparados para isso? Questionamentos surgiram nas escolas e universidades, levando os professores e demais profissionais envolvidos com a educação a repensar suas práticas por meio do desenvolvimento de estratégias de ensino possíveis para este momento adverso.

 

Biografia do Autor

Paulo Sérgio Batista

Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Ana Paula Santellano de Oliveira

Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 

Roniere dos Santos Fenner

Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Neila Seliane Pereira Witt

Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Publicado
2020-12-23
Seção
6 - Práticas pedagógicas, formação de professores e formação continuada