PROCESSOS DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM NAS AULAS DE CIÊNCIAS DO ENSINO FUNDAMENTAL EM PERÍODO PANDÊMICO

  • Salete A. Kraemer
  • Franciele Meinerz Forigo
  • Alexandre José Krul
Palavras-chave: Educação, Ensino e aprendizagem, Ensino de Ciências, Ferramentas tecnológicas digitais, Pandemia

Resumo

A pandemia do Covid-19 demandou novos protocolos de segurança para a saúde a partir de março de 2020, afetando também a educação escolar. Houve alterações de hábitos e costumes sociais, que implicaram em isolamento e distanciamento, que foram parcialmente amenizadas pelo uso de Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDIC). A educação escolar básica repentinamente deixou de ser presencial para ser realizada de modo remoto de forma virtual, mesmo que ainda muitos alunos não possuem condições para participar desse formato de aulas e continuam recebendo os materiais de forma impressa. Com relação aos conteúdos de ciências para o ensino fundamental II,  a BNCC (Base Nacional Comum Curricular) afirma que os conteúdos a serem problematizados devem ser abordados de maneira que despertem o interesse dos alunos, instigando-os a continuar pesquisar e construir o conhecimento. Nesta faixa etária, os alunos já têm mais autonomia de ação e pensamento, e o professor deve usar isto para aprofundar a formação científica. Também é importante que o professor auxilie os alunos a relacionar os conteúdos de ciências com o seu cotidiano.

Biografia do Autor

Salete A. Kraemer

Acadêmica do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, IFFar Campus Santa Rosa, bolsista do Projeto Eureka, e-mail: salete.adriane.kraemer@gmail.com.

Franciele Meinerz Forigo

Professora do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, IFFar Campus Santa Rosa,  e-mail: franciele.forigo@iffarroupilha.edu.br.

Alexandre José Krul

Professor orientador do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, IFFar Campus Santa Rosa,  e-mail: alexandre.krul@iffarrroupilha.edu.br.

Publicado
2020-12-23
Seção
10 - Aprendizagem na educação básica: desafios e perspectivas curriculares