PENSANDO A RELAÇÃO ALUNO-PROFESSOR A PARTIR DO VIÉS PSICANALÍTICO

  • Bruna Rossato da Silva
  • Emanuel Dos Santos
  • Camila Ardenghi de Oliveira
  • Luciana da Silva de Castro
Palavras-chave: Aluno, Educação, Escola, Professor, Psicanálise

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo apresentar algumas considerações acerca da corrente psicanalítica para a educação. Dessa forma, destacamos que, apesar de Sigmund Freud não tematizar de forma explícita e direta contribuições para o campo educacional, entendemos que alguns conceitos dessa corrente têm sido aplicados em cursos de formação em licenciaturas e também despertado o interesse de inúmeros pesquisadores. Por isso, será apresentada a noção de desenvolvimento humano a partir de Freud e a relação aluno-professor estabelecida pela transferência. Compreendemos que a corrente psicanalítica pode ser pensada para além de sua especificidade, isto é, o campo clínico. Também consideramos ser importante que os envolvidos em educação tenham consciência de alguns aspectos psíquicos que os alunos carregam. Com isso, podemos apostar em uma educação mais transformadora e menos repressiva. Assim, esta pesquisa será sustentada por obras relacionadas a esse tema bem como em artigos científicos, configurando-se como uma revisão bibliográfica. 

Biografia do Autor

Bruna Rossato da Silva

Aluna do curso de Psicologia da Unijuì: bruna.rossato@sou.unijui.edu.br.

Emanuel Dos Santos

Aluno do curso de Psicologia da Unijuì: emanuel.santos@sou.unijui.edu.br.

Camila Ardenghi de Oliveira

Aluna do curso de Psicologia da Unijuì: camilamahassen@gmail.com.

Luciana da Silva de Castro

Aluna do curso de Psicologia da UnijuÌ: lucianacastro626@gmail.com.

Publicado
2020-12-23
Seção
2 - Releitura dos teóricos em educação