A APROPRIAÇÃO DA LINGUAGEM COMO PRÁTICA SOCIAL NA ATIVIDADE DO PROFESSOR QUE ENSINA LÍNGUA PORTUGUESA NA ESCOLA

  • Maristela Righi Lang
  • Marina Mattioni
  • Lenir Basso Zanon
Palavras-chave: Aprendizagem, Desenvolvimento, Linguagem, Prática social

Resumo

Este texto emergiu a partir do interesse de compartilhar uma reflexão teoricamente fundamentada sobre a docência no ensino da língua materna na escola, a partir de desafios e possibilidades que acompanham a prática docente como professora do Ensino Médio e dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, por parte da primeira e segunda autora, respectivamente. Para isso, o texto foi organizado como ensaio teórico com vistas a tematizar a visão da linguagem como prática social, contando com contribuições da abordagem vigotskiana e de um estudo sobre a estratificação da linguagem (MOTTA-ROTH, 2008).

Biografia do Autor

Maristela Righi Lang

Doutoranda em Educação nas Ciências pela UNIJUÍ. Mestre em Letras pela UFRGS. Especialista em Literatura Infanto-Juvenil e graduada em Letras pela UNIJUÍ. Professora pesquisadora da UNIJUÍ. E-mail: marilang@unijui.edu.br.

Marina Mattioni

Mestranda em Educação nas Ciências pela UNIJUÍ. Graduada em Pedagogia pela SETREM. Professora da Educação Básica no Centro Educacional Padre Anchieta. E-mail: marina.m@sou.unijui.edu.br.

Lenir Basso Zanon

Doutora em Educação. Mestre em Ciências (Bioquímica). Especialista em Ensino de Ciências. Docente pesquisadora vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da UNIJUÍ. E-mail: bzanon@unijui.edu.br.

Publicado
2020-12-23
Seção
6 - Práticas pedagógicas, formação de professores e formação continuada