TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA E A FORMAÇÃO DE PROFESSORES: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

  • Fernanda Aparecida Szareski Pezzi
  • Marjana Alessandra Verdum
  • Marli Dallagnol Frison

Resumo

Este trabalho trata-se de um relato de experiência a partir de uma formação realizada para os servidores (equipes diretivas, professores, monitores, estagiários) das escolas municipais de educação infantil de um município do noroeste do estado do Rio Grande do Sul. A formação foi realizada por uma psicóloga da Secretaria de Desenvolvimento Educacional em parceria com o Núcleo de Atenção à Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (NAPTEA) e as professoras do Centro de Atendimento Educacional Especializado - (CAEE) da rede municipal e  teve como objetivo oportunizar aos servidores uma reflexão sobre os aspectos do desenvolvimento humano, a caracterização do TEA, destacando o papel do professor na inclusão e de como ele pode atuar no contexto da educação inclusiva visando o desenvolvimento de seus alunos. 

Biografia do Autor

Fernanda Aparecida Szareski Pezzi

Psicóloga, Mestre em Psicologia, Doutoranda em Educação nas Ciências (UNIJUI), Bolsista Prosup/Capes.

Marjana Alessandra Verdum

Acadêmica de Psicologia da Sociedade Educacional Três de Maio – SETREM.

Marli Dallagnol Frison

Professora do Departamento de Ciências da Vida e do Programa de Pós-Graduação da UNIJUÍ.

Publicado
2020-12-23
Seção
6 - Práticas pedagógicas, formação de professores e formação continuada