LIVRO DIDÁTICO DE CIÊNCIAS DA NATUREZA: TEMÁTICA SEMPRE ATUAL

  • Sandra Elisabet Bazana Nonenmacher UFRGS
Palavras-chave: Base Nacional Curricular Comum. Conhecimento Científico. Ensino de Ciências. Parâmetros Curriculares Nacionais.

Resumo

No ano em que o programa de pós-graduação em Educação nas Ciências da UNIJUÍ comemora 25 anos e propõe o XXI Encontro Nacional de Educação (ENACED) e o I Seminário Internacional de Estudos e Pesquisas em Educação nas Ciências como eventos que demarquem este espaço/tempo, me propus a revisitar a minha dissertação, resultado do ingresso na segunda turma do programa, intitulada “O livro didático, os PCNs de Ciências Naturais e a prática pedagógica”. Esse reencontro com a pesquisa foi motivada pela intencionalidade de participar do evento com algo que fosse significativo na comemoração, adequado ao evento e ao mesmo tempo permitisse demonstrar meu reconhecimento ao programa e ao meu orientador, in memoriam, Mario Osorio Marques. 

Para Marques (2001), o tema da pesquisa devia ser uma paixão, de forma que gerasse prazer escrever e pesquisar, ao longo do tempo. Hoje compreendo que ele tinha razão. A problemática do livro didático, de propostas curriculares para Ensino de Ciências e a prática pedagógica foram e são temáticas que estiveram presente ao longo de toda a minha trajetória profissional. Me constituíram enquanto docente e pesquisadora. Hoje compreendo que a opção por pesquisar o livro didático no mestrado, estava relacionada ao fato de, na década de 80 do século passado, enquanto iniciava minha formação e atuação como professora, já gostava de participar dos grupos de produção de material e propostas pedagógicas para o ensino de Ciências, financiados pelo projeto melhoria do Ensino de Ciências e Matemática, na FIDENE/UNIJUÍ (FRIZZO, 1998). Porém, ainda resta uma pergunta sem resposta: será que a escolha de Marques em me orientar, também não foi movida pela paixão que ele tinha pelos livros e por escrevê-los?

Publicado
2020-12-23
Seção
10 - Aprendizagem na educação básica: desafios e perspectivas curriculares