EXPERIMENTAÇÃO COMO INSTRUMENTO PEDAGÓGICO NO PROCESSO DE APROPRIAÇÃO DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO EM BIOLOGIA

  • Juliana de Paula Thomé da Cruz UNIJUÍ
  • Marli Dallgnon Frison UNIJUÍ
  • Maria Cristina Pansera Araújo UNIJUÍ
Palavras-chave: Aprendizagem, Ensino de Ciências, Formação humana, Interação

Resumo

Este texto socializa resultados de uma pesquisa que teve como objetivo investigar e analisar as implicações da experimentação no processo de apropriação de conhecimentos de Biologia por estudantes de um curso de Ciências Biológicas, de uma universidade comunitária, localizada na Região Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul.

Entendemos que a inquietação sobre o ensino de ciências, nas escolas, faz com que professores e futuros professores, venham a se preocupar com a aquisição de conhecimento dos educandos. Isto acaba trazendo à tona buscas incessantes, por alternativas que melhorem a aprendizagem dos estudantes. Nas salas de aula. E, nesse sentido, entendemos que a Experimentação pode servir como instrumento pedagógico, capaz de promover o processo de apropriação do conhecimento científico, nas ciências, levando ao questionamento sobre a forma como ensinamos.

Biografia do Autor

Juliana de Paula Thomé da Cruz, UNIJUÍ

Licencianda do Curso de Ciências Biológicas da UNIJUÍ.

Marli Dallgnon Frison, UNIJUÍ

Professora do departamento de ciências da vida e do programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da UNIJUÍ.

Maria Cristina Pansera Araújo, UNIJUÍ

Professora do departamento de ciências da vida e do programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da UNIJUÍ.

Publicado
2020-12-23
Seção
6 - Práticas pedagógicas, formação de professores e formação continuada