CULTURA DIGITAL E FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES

  • Adão Eurides de Souza Filho UNIJUÍ
  • Vidica Bianchi UNIJUÍ
Palavras-chave: Cultura digital, Currículo, Formação continuada, Tecnologias digitais

Resumo

A incorporação de tecnologias no contexto educacional exige um trabalho reflexivo constante e minucioso com foco na sua utilização pedagógica. Para que possa representar mudança, inovação ou melhoria na qualidade da educação, o primeiro passo é promover a integração das Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDICs) ao currículo, ao dia a dia das escolas e, sobretudo, à intencionalidade educativa do professor. Esta pesquisa socializa alguns modelos e estratégias de formação de professores que podem ser considerados no desenho educacional das formações tendo em vista as práticas pedagógicas inovadoras.

Através da pesquisa qualitativa do tipo documental, baseou-se nos documentos de desenvolvimento de competências digitais de professores e currículo de referência em tecnologia e computação do Centro de Inovação para Educação Brasileira — CIEB (2018; 2019), documentos estes que objetivam dar suporte aos novos conceitos vinculados a Base Nacional Comum Curricular — BNCC (2018). Os resultados mostram as diversas possibilidade de formação continuada de professores para uso pedagógico das TDICs. E documentos norteadores, como os disponibilizados pela CIEB, são uma oportunidade de enriquecer a formação de professores e ajudar na implementação do currículo voltado às tecnologias digitais.

Biografia do Autor

Adão Eurides de Souza Filho, UNIJUÍ

Acadêmico do Programa de Pós-graduação em Educação nas Ciências - Mestrado- Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. E-mail: adamfilho@hotmail.com

Vidica Bianchi, UNIJUÍ

Professora do Departamento de Ciências da Vida e do Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da Unijuí. E-mail: vidica.bianchi@unijui.edu.br

Publicado
2020-12-23
Seção
7 - Educação digital e tecnologia