A POSTURA ÉTICA DA HERMENÊUTICA FILOSÓFICA E SUA POTENCIALIDADE PARA A FORMAÇÃO HUMANA QUESTÕES INTRODUTÓRIAS

  • Franciele da Silva dos Anjos Strohhecker
Palavras-chave: Diálogo, Ética, Formação, Hermenêutica filosófica

Resumo

São inúmeras as possibilidades de pensar a contribuição da hermenêutica filosófica de Hans-Georg Gadamer para a educação, sendo que a pesquisa educacional contemporânea nos brinda com muitas interpretações a esse respeito. Dentre as interpretações possíveis, elegemos aqui, como objeto de escrita, a possibilidade de contar com a hermenêutica gadameriana para a defesa/recuperação de um sentido ético para a formação humana. Imaginamos que ao possibilitar essa experiência ética de reconhecimento, responsabilidade, abertura ao outro e, justamente por isso, de afetação/transformação de si mesmo, a hermenêutica filosófica recoloca para o cenário da formação humana alguns princípios que estão presentes no sentido originário de formação humana, expressas na ideia de Paidéia Grega e Bildung moderna. Defendemos a necessidade de a formação contemporânea recolocar o humano como centralidade do processo formativo, tal como a Paideia e a Bildung sustentavam, mas alargando as possibilidades formativas do sujeito através da ética hermenêutica da compreensão. Em que sentido? Possibilitando que o sujeito viva a experiência do eu, tal como queria o espírito pedagógico da Aufklärung, mas trazendo uma ética da alteridade, uma experiência em que o outro em sua estranheza pode aparecer, onde a responsabilidade em ouvi-lo e respondê-lo, em dar espaço de abertura e também abrir-se a ele, como sinal de reconhecimento por sua existência, possa ser possível. Porque isso alarga a experiência humana do eu, do outro, e de ter/fazer mundo, oferecendo a possibilidade de sermos arrebatados pelas questões que dizem de como coexistimos nesse algo comum.

Biografia do Autor

Franciele da Silva dos Anjos Strohhecker

Doutoranda no programa de pós-graduação em Educação nas Ciências-Unijuí, graduada em pedagogia-Unijuí. Orientador: Dr. José Pedro Boufleuer. Bolsista CAPES.

Publicado
2020-12-23
Seção
2 - Releitura dos teóricos em educação