PROJETO CIÊNCIAS NA ESCOLA: FORMAÇÃO E DOCÊNCIA EM CIÊNCIAS

  • Eduarda da Silva Lopes
  • Daniele Bremm
  • Roque Ismael da Costa Güllich
Palavras-chave: Concepções de Ciência, Ensino de Ciências, Formação continuada, Formação de professores, Investigação-ação

Resumo

A formação continuada de professores é indispensável para a melhoria da qualidade da educação no Brasil (MALDANER, 2000). A discussão de temas correlatos à profissão docente e a área do ensino são necessidades formativas que precisam estar presentes na atualização profissional, uma vez que se busca avançar em termos de currículo, formação de professores e ensino (GÜLLICH, 2013). A formação de professores há muito já vem sendo revista e é pautada em contexto internacional por meio da perspectiva de Investigação-Ação (IA) (CARR; KEMMIS, 1988), que teve seu termo ampliado para Investigação-Formação- Ação (IFA) uma vez que este se constitui em um momento de formação de professores pela via reflexiva (GÜLLICH, 2013). A IFA de carácter crítico tem sido defendida como uma possibilidade de formação de professores tendo a adesão de programas de formação continuada que primam pelo diálogo formativo e buscam a formação de professores reflexivos, sendo este o caso do Projeto Ciências na Escola financiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e desenvolvido na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) Campus Cerro Largo/RS. As ações que realizamos por meio do Projeto Ciências na Escola envolvem a formação inicial e continuada, pois fazem parte do projeto professores da educação básica, professores formadores e licenciandos que muitas vezes são participantes de Projetos e Programas de Ensino de Ciências da UFFS. Em 2020, por conta da Pandemia do COVID-19, o processo alcançou outros patamares de participação, sendo que o grupo atingiu diversas instituições e 1600 participantes.

Biografia do Autor

Eduarda da Silva Lopes

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências – PPGEC da Universidade Federal da Fronteira Sul – UFFS, Bolsista CNPq.

Daniele Bremm

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências – PPGEC da Universidade Federal da Fronteira Sul – UFFS, Bolsista Institucional UFFS.

Roque Ismael da Costa Güllich

Doutor em Educação nas Ciências, Professor da Universidade Federal da Fronteira Sul – UFFS.

Publicado
2020-12-23
Seção
6 - Práticas pedagógicas, formação de professores e formação continuada