A EXPERIÊNCIA DO CÍRCULO DE LEITURA DOCENTE COMO ESTRATÉGIA PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA

  • Natália Francisca Cardia dos Santos Rede Municipal de Ensino de São Paulo
  • Renata Lívia Soares Perini Rede Municipal de Ensino de São Paulo
Palavras-chave: Coordenação Pedagógica. Formação continuada docente. Projeto Especial de Ação.

Resumo

O objetivo desse trabalho é apresentar uma experiência de formação continuada docente realizada em 2013 em uma unidade escolar da Rede municipal de ensino da cidade de São Paulo, no estado de São Paulo, contextualizando-a com as discussões atuais sobre formação continuada e centrada na escola (ALMEIDA e PLACCO, 2015; BRUNO et al., 2015; IMBERNÓN, 2011).  Essa perspectiva aponta para a necessidade de que os processos formativos derivem de demandas advindas do grupo de professores em sua prática docente, articulando teoria e prática em processos dialógicos nos quais as equipes docentes construam conhecimentos sobre seu trabalho e busquem superar as dificuldades encontradas. Destacamos a importância do coordenador pedagógico nesse processo enquanto mediador entre o espaço da formação e as práticas docentes. O relato de experiência consistiu na construção de um “Círculo de leitura docente” que envolveu o grupo de professores na leitura do livro “Quando eu voltar a ser criança”, de Janusz Korczak (1981), pediatra e educador polonês que valorizava o papel da afetividade nos processos educativos e cuja obra é uma “é uma permanente reflexão sobre a prática” (GADOTTI, 1997). A partir da leitura, a equipe docente viu-se motivada a produzir seus próprios relatos enquanto alunos e professores, culminando em um livro coletivo. A experiência foi conduzida pela coordenadora pedagógica que atuava na unidade escolar na qual a atividade se desenvolveu e que é uma das autoras deste trabalho.

Publicado
2020-12-28
Seção
6 - Práticas pedagógicas, formação de professores e formação continuada