OS DIREITOS HUMANOS A PARTIR DE HANNAH ARENDT: OS PERIGOS AOS DIREITOS HUMANOS NA ATUALIDADE COM BASE NO CONCEITO DE BANALIDADE DO MAL

  • Pedro Victor dos Santos Witschoreck UNIJUÍ
  • Fernando Hoffmann UNIJUÍ

Resumo

O presente trabalho busca demonstrar o conceito de banalidade do mal desenvolvido por Hannah Arendt após a Segunda Guerra Mundial observando os perigos que um mal sem raízes pode ocasionar quanto aos Direitos Humanos, especificamente no que tange a práticas genocidas. Para além disso, observar-se-á a importância na resistência aos Direitos Humanos a fim de garanti-los como fonte jurídica imprescindível à dignidade da vida humana capaz de impedir os avanços totalitários.  

Palavras-chave: Hannah Arendt. Banalidade do Mal. Direitos Humanos.

Publicado
2019-04-12
Edição
Seção
Direitos Humanos, Relações Internacionais e Equidade