AS (POSSÍVEIS) RESPOSTAS DA TEORIA DO RECONHECIMENTO ÀS PRÁTICAS REIFICANTES DA SOCIEDADE DO CONTROLE

  • Luciano Augusto de Oliveira Paz UNIJUÍ
  • Elesandra Maria da Rosa Costella

Resumo

Este trabalho tem como tema a Teoria de Reconhecimento, delimitando-se a analisar as suas respostas a práticas reificantes. A problematização indaga: no que consistem práticas reificantes? Objetivo geral do trabalho é analisar possíveis respostas a práticas reificantes. O Estado de Direito aparece instrumentalizado para garantir a funcionalidade de forças econômicas, controlando as classes sociais marginalizadas, negando-lhes reconhecimento. O trabalho é teórico, detido à revisão bibliográfica, tratamento qualitativo explicativo-descritivo dos dados e análise e interpretação que seguem método hipotético-dedutivo. Sustenta-se a hipótese de que o mercado influi nos processos políticos e corrompe o sentido de Estado de Direito. As respostas às práticas reificantes estão na “chamada à consciência” às experiências de desrespeito, para que isso se torne luta política por reconhecimento.

Palavras-chave: Controle Social. Reificação. Luta por Reconhecimento.

Publicado
2019-04-12
Edição
Seção
Multiculturalismo, Biopolítica e Gênero