JORNALISMO E REPRESENTAÇÃO DA MULHER: UM ESTUDO SOBRE A EDITORIA DE SEGURANÇA DO JORNAL ZERO HORA

  • Vera Lucia Spacil Raddatz
  • Julia Fontana Nascimento

Resumo

Este texto visa a compreender a relação entre a representação da mulher como vítima nas páginas da Editoria de Segurança, publicadas pelo Jornal Zero Hora, e os direitos humanos. O jornal produzido em Porto Alegre possui abrangência estadual, e o período escolhido para estudo é de agosto a dezembro de 2018. Este resumo expandido é um recorte do Projeto de Pesquisa Mídia e Sociedade: o direito à informação, com o Subprojeto Direitos Humanos e a representação da mulher na mídia. Ao longo do projeto é realizada a coleta de material de outras mídias como o rádio, a televisão e a internet. A escolha de mídias com diferentes áreas de abrangência permite que a temática seja observada em âmbito local, regional e global. Este resumo expandido traz apenas o jornalismo impresso, devido ao espaço limitado.

Publicado
2019-10-14