A EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA PRISÃO COMO MÉTODO DE SANÇÃO PENAL E O MITO DA FINALIDADE RESSOCIALIZADORA DA PENA

  • Bruno Pugialli Cerejo

Resumo

O presente artigo, utilizando do método fenomenológico, objetiva apresentar um panorama da prisão como forma de punição de natureza penal e traz a evolução histórica da utilização da privação de liberdade desde a idade antiga à contemporaneidade. Apresenta, por fim, as teorias que segundo razões de política criminal justificam a aplicação de sanção penal, relacionando-as, a partir de uma análise crítica, com o contexto histórico e sua efetiva aplicabilidade na sociedade.

Publicado
2019-10-14