AULAS EXPERIMENTAIS NA COMPREENSÃO DE CONCEITOS DE CIÊNCIAS

  • Andressa Vargas de Souza IFFarroupilha Campus Santo Augusto
  • Alissandra de Oliveira dos Santos IFFarroupilha Campus Santo Augusto
  • Clarinês Hames IFFarroupilha Campus Santo Augusto

Resumo

A utilização de experimentos nas aulas de Ciências pode auxiliar no processo de ensino e de aprendizagem, uma vez que facilita a interação pedagógica. Entretanto, existem algumas dificuldades para que as aulas experimentais ocorram, seja pela falta de infraestrutura nas escolas, pela falta de tempo ou porque alguns professores estão desmotivados. Deste modo, para verificar se os professores desenvolvem aulas experimentais, foi realizada uma entrevista semiestruturada com duas professoras que ministram a disciplina de Ciências em duas escolas públicas do município de Santo Augusto. A entrevista tinha por objetivo verificar a importância que o professor atribui às aulas experimentais no ensino e aprendizagem dos conceitos de ciências. Além disso, verificar como essas aulas são desenvolvidas no ambiente escolar. Trata-se de uma pesquisa qualitativa desenvolvida na disciplina de Práticas no Ensino de Biologia IV do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas do Instituto Federal Farroupilha- Campus Santo Augusto. Para preservar a identidade das professoras entrevistadas, neste trabalho elas serão citadas com Ana e Beatriz. Analisando os dados obtidos nas entrevistas percebemos que a escola da professora Ana não possui laboratório, mas a mesma destacou que realiza “experimentos para complementar as discussões e fazer com que os alunos se apropriem do conhecimento científico desenvolvendo o pensamento crítico”. Na escola que a professora Beatriz ministra suas aulas há um laboratório, mas que não é utilizado. Entretanto, a professora destaca que realiza “experimentos mais simples, com materiais de fácil aquisição para que eles possam ser realizados dentro da sala de aula”. Quando questionadas se atribuem importância à realização de aulas experimentais ambas as respostas foram positivas. A professora Ana destacou que “as aulas experimentais despertam o interesse pela Ciência e melhoram a aprendizagem dos conteúdos científicos” e a professora Beatriz que “a experimentação ajuda os alunos a entender melhor os conteúdos propostos, de uma forma dinâmica, já que muitos alunos ficam animados quando fazem aulas diferenciadas”. Assim, depreende-se que ambas atribuem importância a realização de aulas experimentais, mesmo em meio as dificuldades encontradas nas escolas. Percebeu-se que a falta de um laboratório não limita as professoras na realização de atividades experimentais. Esses podem contribuir, de modo muito significativo, na mediação pedagógica e (re)elaboração conceitual em Ciências Naturais.

Publicado
2019-07-29