O USO RACIONAL DA ÁGUA: COMPREENDENDO O CONCEITO VOLUME

  • Bruna Maiqueli Epple Mestranda PPGEC-Unijui

Resumo

O presente relato resulta de ações desenvolvidas em um Estágio Curricular Supervisionado: Matemática em Modalidades Diferenciadas de Ensino, do curso de Matemática Licenciatura de uma universidade do noroeste do estado do Rio Grande do Sul. O referido estágio desenvolveu-se com uma turma de sexto ano de uma escola da rede pública do município de Ijui – RS, o qual considerou a temática proposta pela escola, “Sustentabilidade”, entendendo-a como uma maneira de ver e agir no mundo que considerara a inter-relação entre o econômico, social e o ambiental. Considerando o ensino da matemática delimitou-se dentro da grande temática “Sustentabilidade” o estudo do uso racional da água. O objetivo deste relato é compreender os sentidos e significados produzidos por alunos do sexto ano a partir do tema “o uso racional da água” acerca do conceito volume. A atividade proposta foi a construção de um cubo com capacidade de 1 litro e após a construção os alunos mediram a quantidade de água gasta em 1 min em uma torneira da escola, utilizando o cubo construído como padrão para quantificar o volume gasto. Apresentou-se aos estudantes a ideia de que a torneira e o chuveiro de uma residência apresentam a mesma vazão, ou seja, gastam a mesma quantidade de água em um mesmo tempo e, a partir de então, questionou-se os estudantes quanto ao tempo de banho e a quantidade de água gasta por dia. A partir desta ação, ao questionar os alunos em relação a quantidade de água consumida no banho, muitos perceberam que gastam muita água, o que consequentemente gera maior custo financeiro e maior impacto ambiental. Através desta atividade, além de proporcionar entendimentos do conteúdo matemático, houve uma sensibilização para a conscientização sobre a importância de utilizar a água potável de forma racional. Entende-se que desta forma a atividade proposta possibilita ao aluno a construção de conhecimento através da experiência e reflexão, além de mobilizar entendimentos matemáticos que lhes possibilitam fazer escolhas socioambientais de maneira consciente. No âmbito do estudo, estas escolhas puderam ser repensadas para superar o desafio do uso racional da água, beneficiando a sociedade e meio ambiente a longo prazo. Discutir e refletir sobre sustentabilidade a partir da matemática pode contribuir na formação do pensamento sistemático e contextualizado, bem como na aproximação entre a matemática e demais disciplinas que costumam abordar o tema com maior frequência.


Palavras-chave: Uso racional da água, matemática, volume

Publicado
2019-07-24
Como Citar
EPPLE, Bruna Maiqueli. O USO RACIONAL DA ÁGUA: COMPREENDENDO O CONCEITO VOLUME. II Encontro de Debates sobre Trabalho, Educação e Currículo Integrado, [S.l.], v. 1, n. 1, jul. 2019. Disponível em: <https://publicacoeseventos.unijui.edu.br/index.php/enteci/article/view/11657>. Acesso em: 21 set. 2019.