POPULARIZAÇÃO DA CIÊNCIA A PARTIR DE PESQUISA COM ALUNOS DO ENSINO MÉDIO

  • Maiara Krebs Segatto IFFarroupilha Campus Santo Angelo
  • Noemi Boer URI
Palavras-chave: Popularização da ciência, educação, estética e saúde.

Resumo

Na perspectiva de Falk e Dierking (2003), construir conhecimento é algo realizado de forma continua em nossas vidas, seja de maneira formal em sala de aula, assistindo televisão, lendo revistas ou praticando esportes. Todo novo conhecimento constituído depende do que já sabemos, e a busca por novos saberes nos transforma. Diante de tudo que aprendemos, muito é buscado por motivação pessoal, são aprendizados de livre escolha, guiados por necessidades e interesses, assim descobrimos o que é relevante em nossas vidas. Perante o exposto, o referente trabalho corresponde a uma pesquisa com o objetivo de analisar as principais dúvidas e curiosidades de 78 alunos do Ensino Médio Integrado do Instituto Federal Farroupilha – Campus de Santo Ângelo com relação aos cuidados especiais na área da estética e saúde tendo como foco principal o tecido tegumentar e seus anexos. A pesquisa é de caráter descritivo, de abordagem qualitativa e transversal. Os dados, foram coletados por meio de uma questão aberta, com posterior análise dívida em três fases apontadas por Bardin (2016) como: pré-análise, exploração do material, tratamento dos resultados, a inferência e a interpretação. Também foi utilizada estatística descritiva simples com cálculo de percentual por categoria de respostas. Após a análise dos resultados que mostram o interesse dos jovens pesquisados sobre assuntos relacionados a estética facial como acne, hiperpigmentação, oleosidade, olheiras e câncer de pele, sobre temas correspondentes a estética capilar e curiosidades em geral sobre a área. A organização e explanação dos conteúdos com maior relevância para os participantes da pesquisa foram organizados para a elaboração de um Almanaque Informativo. O propósito do trabalho é fornecer material simples e conteúdos relevantes para a educação de jovens com relação a promoção da saúde da pele e promovendo a popularização do conhecimento cientifico. Definições de Alferes e Agustini (2008) justificam a relevância do trabalho quando argumentam que o desenvolvimento da vulgarização das noções cientificas estabelece importância para a divulgação da ciência, sendo visto como um instrumento relevante para a sociedade, pois, conseguinte com a popularização dos saberes científicos, o conceito de ciência pode ser afetado e transformado. Contudo, conclui-se que, entre os participantes da pesquisa, há a preocupação com a estética e a saúde, no entanto faltam informações corretas a respeito dos cuidados e da utilização adequada de produtos de proteção e tratamento.

Publicado
2019-07-23