A REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES DE ALTA VIVÊNCIA NA ESCOLA: CONTRIBUIÇÕES DO PROGRAMA RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA

  • Bruna da Cruz dos Santos UFFS
  • Fabiane de Andrade Leite UFFS

Resumo

O programa Residência Pedagógica (RP) é uma das ações que integram a Política Nacional de Formação de Professores e tem por objetivo fomentar o aperfeiçoamento da formação prática nos cursos de licenciatura, promovendo a imersão do licenciando na escola de educação básica, a partir da segunda metade de seu curso. Nesse sentido, como participantes de um núcleo do programa RP, em uma universidade pública do interior do estado do Rio Grande do Sul, realizamos ações de intervenção em aulas de Ciências em turmas dos anos finais do Ensino Fundamental. Assim, apresentamos um relato de experiência realizado em uma turma do 8º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública, em que objetivou-se desenvolver nos estudantes argumentos acerca da temática Alimentação Saudável. Compreendemos que trabalhar hábitos alimentares saudáveis na educação básica tem sido temática recorrente e importante de ser abordada no contexto atual de ensino no Brasil.  Para tanto, planejamos com a professora titular da turma uma prática educativa, em que focamos problematizar hábitos alimentares saudáveis e algumas doenças causadas pela má alimentação, doenças como a obesidade. A atividade consistia na elaboração de um bolo saudável, sendo que alguns dos ingredientes da receita tradicional foram substituídos por outros mais nutritivos. Substituímos a farinha de trigo tradicional por aveia em flocos finos, o açúcar por açúcar mascavo, o óleo de soja por óleo de coco, além da utilização do fermento químico, ovos, banana e maçã. Por ser um bolo rico em frutas que possuem alto teor de líquidos, não foi necessária a utilização de água ou leite. A atividade foi organizada em quatro momentos, no primeiro momento trabalhamos com questionamentos aos estudantes acerca dos hábitos alimentares, no segundo momento foram apresentadas situações acerca da obesidade e os riscos que causa à saúde e, no terceiro momento levamos os estudantes até a cozinha da escola onde fizemos a confecção do bolo saudável. Os estudantes participaram do processo de confecção do bolo, fosse ajudando a lavar as frutas ou a misturar alguns ingredientes em uma bacia.  Após o bolo estar pronto foi feita uma confraternização com eles, para que pudessem provar o bolo e, assim, apreciar o resultado do trabalho. No retorno à sala de aula solicitamos que escrevessem um pequeno relato acerca da atividade, e qual a opinião sobre a substituição dos ingredientes, bem como relatassem a importância de termos hábitos alimentares saudáveis. Com a realização da atividade identificamos a importância de abordar temáticas de alta vivência com os estudantes, além de problematizar situações relativas à saúde, ocasionados pelos maus hábitos alimentares. Assim, consideramos que esse tipo de atividade é tão importante para os estudantes, como também, para nós futuros professores. Como participantes do programa RP percebemos a importância de vivenciarmos ações práticas na escola, pois contribuem para a construção da nossa identidade como futuros professores.

Publicado
2019-07-24
Como Citar
SANTOS, Bruna da Cruz dos; LEITE, Fabiane de Andrade. A REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES DE ALTA VIVÊNCIA NA ESCOLA: CONTRIBUIÇÕES DO PROGRAMA RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA. II Encontro de Debates sobre Trabalho, Educação e Currículo Integrado, [S.l.], v. 1, n. 1, jul. 2019. Disponível em: <https://publicacoeseventos.unijui.edu.br/index.php/enteci/article/view/11637>. Acesso em: 21 set. 2019.