A FORMAÇÃO PEDAGÓGICA: UM DIÁLOGO NECESSÁRIO

  • Juliana Vani
  • Fabiana Regina da Silva
Palavras-chave: Trabalho. Educação. Currículo Integrado.

Resumo

As instituições escolares são lugares favorecidos para a troca de vivências, de conhecimentos e de aprendizagens educativas. Nesse espaço o educador, através de sua prática pedagógica pode, além de aperfeiçoar seus conhecimentos, ainda proporcionar aos demais colegas a oportunidade de discutirem, compreenderem e ressignificarem seus saberes. A formação pedagógica, ou a formação continuada assim compreendida acontecerá à medida que a gestão escolar viabilizar e demandar junto com os colegas esses momentos, onde educador de qualidade é educação de qualidade, e qualidade na educação se refere a professores sabedores de conteúdos, pensando metodologias, desenvolvendo pesquisas e trabalhando de forma transdisciplinar e interdisciplinar. No momento que o professor ensina, continuará buscando, se desafiando, pesquisando, se questionando, se indagando, investigando e pesquisando. Estará mostrando caminhos, possibilidades, atitudes e análises críticas. Ao ensinar também vai estar buscando, aprendendo e utilizando novas ferramentas e as diferentes informações, educar e, educando, ensinando e aprendendo. Através da dialogicidade, das reflexões, das discussões entre os educadores, nos encontros ou no próprio ambiente escolar, à formação continuada deixa de ser vista como uma obrigação, e sim passa a ser compreendida como meio para a realização de aprofundamentos teóricos e metodológicos, das práticas, e também como uma auto avaliação dos educadores e dos espaços escolares. A formação pedagógica continuada, quando desenvolvida nas instituições escolares, possibilita os educadores em conjunto planejar, explorar, estudar, discorrer, replanejar suas metodologias, sempre buscando práticas pedagógicas que qualifiquem ainda mais o desenvolvimento de suas aulas e consequentemente a educação como um todo. Portanto a formação pedagógica é um momento no qual o professor tenta convencer-se de alguma coisa, e tenta convencer os outros também, ou seja, ensinamos e aprendemos, seja através de trocas de experiências, ou com exemplos, modelos e vivências, e, estar aberto às mudanças e transformações são necessidades constantes na vida profissional do educador, e a busca constante da qualificação é um grande desafio, o educador necessita aceitar, compreender que enquanto forma também se forma.

Publicado
2019-07-25