PRÁTICA PROFISSIONAL INTEGRADA: RELATO DE EXPERIÊNCIA NO CURSO TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES INTEGRADO CAMPUS SANTA ROSA

  • Catia Regina Züge Lamb
  • Raquel Maldaner Paranhos
  • Gerusa Lazarotto
  • Rafaela Pereira Rodrigues
  • Renata Rotta

Resumo

No Instituto Federal Farroupilha são desenvolvidas as Práticas Profissionais Integradas (PPI), que tem como objetivo articular os conhecimentos construídos nos diferentes componentes curriculares do curso, aliados ao mundo do trabalho. Neste sentido, os professores planejam as atividades a serem desenvolvidas no projeto da PPI, em conjunto, visando à integração entre as diferentes áreas do conhecimento, proporcionando ao aluno ampliar saberes na sua formação profissional. Neste contexto, vem sendo desenvolvida, no segundo ano do curso Técnico em Edificações Integrado, uma PPI envolvendo os componentes curriculares de Topografia, Geografia, Desenho Assistido por computador e Conforto das Edificações. Tem como objetivos apresentar aos alunos metodologias de análise de um terreno e do entorno, despertando uma visão crítica a respeito dos condicionantes espaciais, físico-climáticos, socioculturais, estéticos, econômicos e legais que norteiam as decisões do projetista. Os alunos, observam por meio de uma visita (acompanhados por professores), as formas de uso e ocupação do solo do entorno do terreno a fim de compreender e mapear o local. informações estas que são utilizadas para subsidiar a elaboração do projeto. Para isso foram organizados questionários pelos alunos com enfoque nas questões de moradia, segregação sócio-espacial e políticas habitacionais. Os dados obtidos nos questionários fizeram parte da identificação/mapeamento de pontos da infraestrutura do bairro e sua graficação em planta. O levantamento topográfico foi realizado num terreno real durante uma atividade da disciplina de Topografia, fazendo-se uso de estação total, prisma, balizas, mira, nível, trena. Com os dados obtidos no levantamento, os alunos realizaram os cálculos das áreas e perímetros do terreno. Após a realização dos cálculos, se fez uso de software de desenho para realizar a graficação da área do terreno, assim como a localização deste no bairro. Por fim, os alunos analisaram os condicionantes físico-climáticos presentes na área de estudo e que se relacionam ao projeto arquitetônico de uma residência, como: orientação solar, paisagem/visuais, barreiras naturais ou edificadas que poderão interferir na iluminação e ventilação, direção e intensidade dos ventos, materiais e cores de paredes, calçadas e ruas do entorno, presença de árvores e áreas gramadas no lote e entorno. Os resultados alcançados foram socializados através de seminário em sala de aula para a turma e os docentes das disciplinas envolvidas no desenvolvimento da PPI. As informações geradas a partir da PPI servem de referência para proposta de projeto a ser formulada na disciplina “Projetos Integrados”, no terceiro ano do curso. Características como segregação sócio-espacial e políticas habitacionais facilitaram a compressão na escolha do tipo de projeto a ser realizado para o terreno escolhido, assim como a valorização imobiliária local. Esta PPI já vem sendo realizada há alguns anos e se observou que ela traz aos alunos uma clareza quanto aos conhecimentos necessários para a elaboração de um projeto arquitetônico, além de proporcionar uma integração de conhecimentos relevantes a seus fazeres na sua formação profissional.

Publicado
2019-07-25
Como Citar
LAMB, Catia Regina Züge et al. PRÁTICA PROFISSIONAL INTEGRADA: RELATO DE EXPERIÊNCIA NO CURSO TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES INTEGRADO CAMPUS SANTA ROSA. II Encontro de Debates sobre Trabalho, Educação e Currículo Integrado, [S.l.], v. 1, n. 1, jul. 2019. Disponível em: <https://publicacoeseventos.unijui.edu.br/index.php/enteci/article/view/11538>. Acesso em: 21 set. 2019.