PRÁTICA ENQUANTO COMPONENTE CURRICULAR (PeCC) NO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS: ARTICULAÇÕES EXPERIENCIAIS POSSÍVEIS NA PeCC I

  • Clarines Hames, 996691265
  • Márcia Adriana Rosmann
  • Soni Pacheco de Moura
Palavras-chave: Formação e Trabalho Docente. Professor Pesquisador.

Resumo

Este resumo descreve o trabalho realizado pelos professores formadores que atuam no Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas do IFFar, Campus Santo Augusto, mais precisamente no primeiro semestre, com as disciplinas de Prática enquanto Componente Curricular (PECC), Metodologia Científica (MC) e Leitura e Produção Textual (LPT). A PeCC é articuladora dos conhecimentos básicos, específicos e pedagógicos e perpassa o curso, totalizando 400 horas. É desenvolvida a partir dos componentes curriculares intitulados Prática de Ensino de Biologia I, II, III, IV, V, VI, VII e VIII, em cada semestre do Curso, respectivamente, e se articula ao conhecimento de no mínimo duas disciplinas de distintos núcleos da matriz curricular, em cada semestre, a partir da temática prevista para cada componente curricular articulador. Ela se constitui num espaço-tempo de reflexão crítica acerca da formação e do trabalho docente. Possibilita ao acadêmico vivenciar atividades teórico-práticas, no que tange o contexto social e de atuação, além de contribuir na construção dos seus saberes e na constituição das suas identidades. Desse modo, os acadêmicos são estimulados às leituras sobre a atuação teórico-prática do professor de ciências do ensino fundamental e ciências biológicas do ensino médio e instigados a visitar uma escola, conversar/entrevistar um professor dessa área, com o objetivo de compreender sua atuação, especialmente no que tange a temática da PeCC I: o conteúdo sobre a Origem da Vida. A partir disso, os acadêmicos elaboram um artigo científico, valendo-se dos referenciais bibliográficos indicados pelas disciplinas envolvidas e a análise dos dados coletados com a observação não participante e o questionário. As disciplinas envolvidas, Leitura e Produção Textual e Metodologia Científica, dão suporte igualmente teórico, além de técnico-prático. A primeira aborda o conceito do gênero textual artigo, enquanto a segunda, auxilia com a elaboração do projeto de pesquisa e a formatação de acordo com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Ambas acompanham o processo de construção dos artigos até o seminário de apresentação. A experiência de articular as três disciplinas mencionadas é possível e exitosa. Ao final, muitos artigos são retomados e encaminhados para apresentação em eventos e/ou outras formas de publicações. Por fim, cabe ressaltar que esse trabalho coletivo possibilita a formação docente pela e para a pesquisa, onde os professores formadores e os acadêmicos em formação vivenciam o “ser pesquisador”, tão importante e imprescindível nos dias atuais, cuja ciência e tecnologia estão em curso ascendente nos mais diversos setores da sociedade e em todas as áreas do conhecimento. 

Publicado
2019-07-25