TRAJETOS FORMATIVOS E SABERES DOCENTES: RESSIGNIFICANDO A DOCÊNCIA DE BIOLOGIA NA EPT

  • Willian da Silva Medeiros
  • Vantoir Roberto Brancher
  • Neiva Maria Frizon Auler

Resumo

Esta investigação, desenvolvida no âmbito do Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica – ProfEPT do Instituto Federal Farroupilha, e do grupo de estudos MAGMA4, tem por objetivo investigar como se constituem os trajetos formativos, os saberes docentes dos professores de Biologia atuantes na Educação Básica, Profissional e Tecnológica – EBPT de um Instituto Federal de Educação no Rio Grande do Sul. A partir disto, buscamos compreender de que modo a mobilização destes elementos repercutem nas práticas educativas destes profissionais. Diante deste panorama, problematizamos: quais são e como se constituem os trajetos formativos e os saberes docentes de professores de Biologia na EBPT e quais as repercussões da mobilização destes em suas práticas pedagógicas? De modo específico, buscamos compreender as representações da docência, bem como conhecer as práticas educativas que fundamentam o fazer pedagógico dos professores de Biologia desta modalidade de ensino. O percurso metodológico elaborado para a abordagem dos objetivos propostos nesta investigação se baseia nos pressupostos da pesquisa qualitativa, que se fazem mais adequados por se tratar de um estudo que busca compreender fenômenos do campo educativo e entender os sujeitos como seres que se integram em um sistema de significações e intenções. Cabe ressaltar que os dados de natureza quantitativa não serão descartados durante a elaboração desta investigação, mas, se busca compreender estes fenômenos não apenas em seu espectro visível, todavia também, no âmbito das significações das ações e vivências, um lado não visível às tabulações, métricas e equações. A amostra será composta por professores de Biologia que atuam em dois cursos integrados da área das ciências agrárias da EBPT distribuídos em sete unidades de um Instituto Federal de Educação no Rio Grande do Sul. A coleta de dados será realizada através de entrevistas semiestruturadas previamente agendadas com os sujeitos da pesquisa, as quais serão gravadas em áudio e transcritas. A análise dos dados coletados será realizada através da Análise de Conteúdo Categorial-Temática. A fim de oferecer respaldo legal e ético para a realização desta investigação, serão adotados os princípios da Resolução 466 do Conselho Nacional de Saúde-CNS, entendendo o respeito à dignidade humana, sua liberdade, autonomia e a proteção aos participantes desta pesquisa como elementos intrínsecos ao desenvolvimento deste estudo. A partir dos conhecimentos produzidos neste estudo buscamos a criação de um espaço virtual de formação permanente para professores de Biologia da EBPT. Acreditamos que a pesquisa possa trazer contribuições ao processo de formação dos participantes ao proporcionar, através das “narrativas de si” destes profissionais, momentos de ressignificação de trajetos, percepções e práticas. Cabe salientar que esta investigação está ainda em fase de organização teórica e metodológica.

Publicado
2019-07-25
Como Citar
DA SILVA MEDEIROS, Willian; BRANCHER, Vantoir Roberto; FRIZON AULER, Neiva Maria. TRAJETOS FORMATIVOS E SABERES DOCENTES: RESSIGNIFICANDO A DOCÊNCIA DE BIOLOGIA NA EPT. II Encontro de Debates sobre Trabalho, Educação e Currículo Integrado, [S.l.], v. 1, n. 1, jul. 2019. Disponível em: <https://publicacoeseventos.unijui.edu.br/index.php/enteci/article/view/11523>. Acesso em: 21 set. 2019.