AVALIAÇÃO DA PRESSÃO DE INJEÇÃO DE NANOPARTÍCULAS DE FERRO PARA REMEDIAÇÃO DE UM SOLO ARGILOSO CONTAMINADO COM CROMO HEXAVALENTE

  • Marcos Mognon UNIJUÍ
  • Cleomar Reginatto
  • Ramiro Reginato
  • Antônio Thomé
  • Jordana Flores

Resumo

As atividades antrópicas, inevitavelmente geram resíduos, muitos destes perigosos, como o cromo hexavalente. Esse trabalho teve como objetivo avaliar a influência da pressão na remediação de um solo argiloso, contaminado com cromo hexavalente, utilizando nanopartículas de ferro zero valente. O ensaio foi realizado em um equipamento de coluna, conforme a norma ASTM D4874, utilizando corpos de prova deformados, contaminados com cromo hexavalente. Nos corpos de prova foi percolado uma suspensão de nano ferro zero valente (4g/L) em diferentes pressões: 10kPa, 30kPa e 100kPa. Após a percolação, os corpos de prova foram desestruturados e analisados conforme as normas USEPA 3060A e USEPA 7196A. O melhor valor de eficiência foi de 47,21%, para a pressão de 100 kPa. A formação de oxi-hidróxidos de ferro e cromo reduziram a mobilidade do nano ferro no solo e consequentemente a sua eficiência.
Publicado
2018-02-15
Seção
Engenharia Civil