ESTUDO MECANÍSTICO DE MISTURAS DE ARGILA LATERÍTICA COM AGREGADO MIÚDO PARA USO EM PAVIMENTOS ECONÔMICOS

  • Nicole Deckmann Callai UNIJUÍ
  • Leonardo Brizolla de Mello
  • Anna Paula Sandri Zappe
  • Bruna Thays Uhde
  • Carlos Alberto Simões Pires Wayhs

Resumo

Da totalidade de rodovias existentes no Brasil, por volta de 78,6% não são pavimentadas, sendo 91,3% de jurisdição municipal, representadas, em sua maioria, por estradas vicinais e vias de tráfego leve a médio. O principal fator que interfere na não modernização das vias é o alto custo de implantação de um pavimento em sua composição tradicional, com os materiais comumente utilizados. Baseado no conceito de pavimentos econômicos instituído por Villibor e Nogami, serão estudadas misturas de solo argiloso laterítico com agregados miúdos, na porcentagem de 40% de agregado e 60% de solo, na tentativa de constituir materiais alternativos que possam ser utilizados na execução de pavimentos de baixo custo. Para tanto, serão realizados os ensaios da
Metodologia MCT e ensaio triaxial de cargas repetidas para obtenção das propriedades das referidas misturas de interesse para pavimentação. A partir dos resultados, será dimensionado um pavimento flexível e realizada sua análise mecanística para definir sua vida útil de fadiga e ATR, comparando com um pavimento tradicional.

Publicado
2018-02-15
Como Citar
CALLAI, Nicole Deckmann et al. ESTUDO MECANÍSTICO DE MISTURAS DE ARGILA LATERÍTICA COM AGREGADO MIÚDO PARA USO EM PAVIMENTOS ECONÔMICOS. CRICTE, [S.l.], fev. 2018. ISSN 2318-3438. Disponível em: <https://publicacoeseventos.unijui.edu.br/index.php/cricte/article/view/8931>. Acesso em: 25 ago. 2019.
Seção
Engenharia Civil