ESTUDO DA ESTABILIZAÇÃO DE UM SOLO DA FORMAÇÃO BOTUCATU COM ADIÇÃO DE CAL E CINZA VOLANTE

  • Lauderi Maronezi Junior UNIJUÍ
  • Jaleson Budny

Resumo

Este trabalho teve como objetivo avaliar, por meio de ensaios laboratoriais, a estabilização de um solo de formação Botucatu com a utilização de cal (CH-II Dolomítica) e cinza volante proveniente da cidade de Candiota – RS, pela Usina Termelétrica Presidente Médici. Foram realizados ensaios de caracterização do solo e classificado segundo a classificação Unificada, classificação Rodoviária e pelo método MCT; pelos ensaios Físico-químicos foi determinado o teor ideal de cada componente da mistura; ensaios MiniProctor Verificou-se o comportamento das misturas quando encontradas em um ambiente de total saturação, as misturas contendo cal foram as únicas que apresentaram característica de resistência para esse meio. A pesquisa não alcançou a meta dos 2,1 MPa conforme a NBR 12253/2012 de solo-cimento, mas o uso da cal e cinza volante apresentaram uma melhora nos resultado.
Publicado
2018-02-15
Como Citar
JUNIOR, Lauderi Maronezi; BUDNY, Jaleson. ESTUDO DA ESTABILIZAÇÃO DE UM SOLO DA FORMAÇÃO BOTUCATU COM ADIÇÃO DE CAL E CINZA VOLANTE. CRICTE, [S.l.], fev. 2018. ISSN 2318-3438. Disponível em: <https://publicacoeseventos.unijui.edu.br/index.php/cricte/article/view/8914>. Acesso em: 24 jun. 2019.
Seção
Engenharia Civil