AVALIAÇÃO DE MISTURAS DE SOLO ARGILOSO LATERÍTICO E RCC ESTABILIZADO PARA UTILIZAÇÃO EM PAVIMENTOS ECONÔMICOS

  • Gabriela Almeida Bragato UNIJUÍ
  • Leonardo de Mello
  • Tainara Kuyven
  • Anna Paula Zappe
  • Carlos Wayhs

Resumo

É possível observar a grande dificuldade de munícipios pequenos em garantir a pavimentação da malha rodoviária, muitas vezes por não possuírem condições de realizarem grandes investimentos na infraestrutura viária. Entretanto, com a utilização de materiais alternativos que venham a melhorar as propriedades do solo, estes custos podem ser minimizados. Portanto, a presente pesquisa visa avaliar as misturas de solo laterítico argiloso proveniente de Ijuí e Resíduo da Construção Civil (RCC) estabilizado pela exclusão de finos para a utilização em bases e sub-bases de pavimentos econômicos. A pesquisa irá classificar as misturas pela metodologia tradicional, porém baseia-se principalmente na metodologia MCT, criada especificamente para solos de ambientes tropicais. Foram utilizadas misturas de solo natural e RCC nas proporções de 20, 30 e 40%. A pesquisa está em andamento, porém percebe-se a tendência das misturas com maior teor de agregado indica para resultados parcialmente ou totalmente satisfatórios.
Publicado
2018-02-15
Seção
Engenharia Civil