ÁREAS VERDES E O CAMPUS UNIVERSITÁRIO: O CASO DA UNIVERSIDADE DE PASSO FUNDO

  • Janaina Mazutti UNIJUÍ
  • Giovana Reginatto
  • Vanessa da Rocha
  • Luciana Brandli

Resumo

O ambiente universitário comumente é relacionado à existência de um campus arborizado com notável composição paisagística. Instituições de Ensino Superior (IES) têm a capacidade, por meio de seus espaços verdes, de promover a consciência ambiental nos estudantes. Neste contexto, o objetivo deste trabalho é conhecer a percepção ambiental dos acadêmicos que frequentam o campus I da Universidade de Passo Fundo (UPF), analisar a forma como a universidade explora a infraestrutura dos espaços verdes do campus e comparar com práticas utilizadas por IES internacionais na potencialização destes espaços. A metodologia do trabalho baseou-se na análise de dados primários e secundários. Com base nos resultados identificou-se que, a UPF vem explorando suas áreas verdes na promoção de eventos em prol da comunidade local e acadêmica. Contudo, ainda cabem ações voltadas a otimização do espaço físico destas áreas para aproveitar todo potencial ecológico do campus.
Publicado
2018-02-15
Como Citar
MAZUTTI, Janaina et al. ÁREAS VERDES E O CAMPUS UNIVERSITÁRIO: O CASO DA UNIVERSIDADE DE PASSO FUNDO. CRICTE, [S.l.], fev. 2018. ISSN 2318-3438. Disponível em: <https://publicacoeseventos.unijui.edu.br/index.php/cricte/article/view/8894>. Acesso em: 18 ago. 2019.
Seção
Engenharia Civil