ANÁLISE DO COMPORTAMENTO MECÂNICO DAS MISTURAS CINZA DE CASCA DE ARROZ E CAL DOLOMÍTICA FRENTE ÀS DE CINZA DE CASCA DE ARROZ E CAL DE CARBURETO

  • João Victor Linch Daronco UNIJUÍ
  • Lucas Festugato

Resumo

Dentre os métodos utilizados para adequar os parâmetros geotécnicos às solicitações de projeto, destaca-se o melhoramento dos solos. Nesse contexto, essa pesquisa tem como objetivo comparar o comportamento mecânico da cinza da casca de arroz (CCA) melhorada com dois tipos de cales, uma dolomítica e outra calcítica sendo analisadas a resistência à compressão simples (qu) e a rigidez inicial (G0) das duas misturas. Foram realizadas misturas com três diferentes teores de cal e três diferentes pesos específicos aparentes secos (γd) e com dois tempos de cura. Pode ser percebido que para um tempo de cura de 7 dias, as misturas de CCA-Cal dolomítica apresentaram qu superior às com cal de carbureto. Já para 28 dias, houve uma inversão. Avaliando o parâmetro G0, para 7 dias, não houve diferença entre as misturas, para 28 dias, houve um aumento para as mistura com cal de carbureto.
Publicado
2018-02-15
Como Citar
DARONCO, João Victor Linch; FESTUGATO, Lucas. ANÁLISE DO COMPORTAMENTO MECÂNICO DAS MISTURAS CINZA DE CASCA DE ARROZ E CAL DOLOMÍTICA FRENTE ÀS DE CINZA DE CASCA DE ARROZ E CAL DE CARBURETO. CRICTE, [S.l.], fev. 2018. ISSN 2318-3438. Disponível em: <https://publicacoeseventos.unijui.edu.br/index.php/cricte/article/view/8890>. Acesso em: 18 ago. 2019.
Seção
Engenharia Civil