ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DA VARIAÇÃO DE TEMPERATURA EM MISTURAS ASFÁLTICAS USINADAS À QUENTE: MÓDULO DE RESILIÊNCIA E TRAÇÃO POR COMPRESSÃO DIAMETRAL

  • Alessandra Caroline Moellmann Lautharte UNIJUÍ
  • Alessandra Ponciano
  • André Luiz Bock

Resumo

Os pavimentos rodoviários desenvolvem ao longo de sua vida útil uma série de patologias que colaboram para a diminuição de sua qualidade estrutural e funcional. Esta degradação é proveniente da ação do tráfego e das condições climáticas. A atuação diária e sazonal do clima não apenas implica alterações momentâneas na resposta estrutural dos pavimentos, como também e, principalmente, a modificação de propriedades dos materiais, o que resulta na degradação mais rápida das estruturas de pavimento, sob a ação combinada de clima e cargas atuantes. O objetivo da pesquisa foi analisar o comportamento mecânico de uma mistura asfáltica considerando as variações mínimas e máximas de temperatura. As relações entre deformabilidade elástica e resistência à tração foram analisadas através de ensaios de Módulo de resiliência e Resistência à tração nas temperaturas de 5ºC, 15ºC, 25ºC e 35ºC, utilizando uma mistura asfáltica usinada na região do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul.
Publicado
2018-02-15
Como Citar
LAUTHARTE, Alessandra Caroline Moellmann; PONCIANO, Alessandra; BOCK, André Luiz. ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DA VARIAÇÃO DE TEMPERATURA EM MISTURAS ASFÁLTICAS USINADAS À QUENTE: MÓDULO DE RESILIÊNCIA E TRAÇÃO POR COMPRESSÃO DIAMETRAL. CRICTE, [S.l.], fev. 2018. ISSN 2318-3438. Disponível em: <https://publicacoeseventos.unijui.edu.br/index.php/cricte/article/view/8878>. Acesso em: 18 jun. 2019.
Seção
Engenharia Civil