CONTAR HISTÓRIAS: MOMENTO ÍMPAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL

  • Maristela Maurer Mühlbeier UNIJUI
  • Silvia Maria Przylinski
  • Marlize Cristina Heck Uhde

Resumo

O presente artigo se constitui a partir de uma pesquisa teórica tendo como questão principal pesquisar e analisar a importância da contação de histórias na educação infantil, buscando enfatizar a relevância para a formação de adultos leitores e, sobretudo, para a formação de cidadãos conscientes. A pesquisa foi embasada em autores como Abramovich, Coelho, Sandroni e Machado, Sisto e Bettelhein, onde se percebeu que todos defendem que as contações de histórias auxiliam as crianças a se desenvolver de uma forma lúdica e prazerosa, auxiliando-as a desenvolverem a oralidade, a imaginação, a concentração, além de conhecer e reconhecer o mundo. O estudo apontou a importância de se propor momentos de leitura e aprendizado através da contação de histórias na vida das crianças, para que no futuro possam se tornar leitores críticos. Este trabalho também enfatiza como o contador de histórias deve escolher os livros e se organizar, para que as crianças gostem e se sintam motivadas a escutar as histórias e assim a gostar de livros.
Publicado
2018-02-15
Como Citar
MAURER MÜHLBEIER, Maristela; PRZYLINSKI, Silvia Maria; HECK UHDE, Marlize Cristina. CONTAR HISTÓRIAS: MOMENTO ÍMPAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Seminário Internacional de Alfabetização, [S.l.], fev. 2018. Disponível em: <https://publicacoeseventos.unijui.edu.br/index.php/alfabetizacao/article/view/8611>. Acesso em: 16 jun. 2019.
Seção
Artigos Científico