PATOLOGIAS EM HABITAÇÕES DE INTERESSE SOCIAL: ESTUDO DE CASO

  • Rafael Reinheimer dos Santos
  • Lucas Carvalho Vier
  • Ederson Rafael Rogoski
  • Joice Moura da Silva
  • André Luiz Bock

Resumo

As construções das habitações de interesse social no país, tem o objetivo de diminuir o déficit habitacional, dando condições dignas de moradia para as famílias carentes, porem geralmente não possuem condições mínimas de habitabilidade. Esse problema é causado devido ao objetivo de construir HIS e suprir a variável quantitativa tendo um menor custo possível. As principais patologias ocorrem nas Instalações Hidrossanitárias, elétricas, revestimento de argamassa, revestimento cerâmico, cobertura e pintura. O objetivo desse estudo é analisar a satisfação dos usuários de um conjunto HIS em relação aos acabamentos da edificação, o estudo foi realizado em Santa Rosa - RS. Foi realizado uma pesquisa survey junto aos moradores, para avaliar a satisfação dos mesmos. A pesquisa foi realizada em 33 casas, conforme cálculo de amostra com erro de 5%. Apresentados abaixo as perguntas e os resultados: 1 – Surgimento de trincas nos revestimentos logo após receber a edificação (0,5 mm a 1,5 mm): 63,66% NÃO e 36,34% SIM; 2 – Surgimentos de Rachaduras (fissuras expeças – 1,5 mm a 5,0 mm) nas edificações logo após recebê-la: 81,81% NÃO e 18,19% SIM; 3 – Surgimento de infiltrações na edificação: 63,63% NÃO e 36,37% SIM; 4 – Surgimento de goteiras na edificação: 39,39% NÃO e 60,61% SIM.

Publicado
2018-05-07
Edição
Seção
Artigos