ESTUDO DO CUSTO DE IMPLANTAÇÃO DE UMA CENTRAL DE TRIAGEM DE RESÍDUOS SÓLIDOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL PARA ATENDER O MUNICÍPIO DE IJUÍ

  • Leonardo Brizolla de Mello
  • Evandro Tremêa Bruinsma
  • Lucas Rotili Buske
  • Rafael Pereira Nadalin
  • Joice Viviane de Oliveira

Resumo

O trabalho consiste na criação de um projeto de um galpão de triagem a partir da quantificação de Resíduos da Construção Civil obtida pelo método indireto proposto e desenvolvido por Pinto (1999). A fundamentação para aplicação de projeto, levando em consideração os materiais e equipamentos necessários para perfeito funcionamento, se baseou na obra de Cardoso et al. (2014). Para verificar se há viabilidade de implantação do empreendimento no município, utilizou-se o levantamento e comparação dos resultados pela Taxa Interna de Retorno e a Taxa Mínima Atrativa. Os resultados do volume de RCC aferidos a partir dos parâmetros indireto para o município, em um período de 4 anos, retratou uma média de 49,96 t/dia ou 1498,78 t/mês. Nesse estudo optou-se por dimensionar uma usina de triagem composta com equipamentos com capacidade de processar 50 t/dia. De acordo com os cálculos do Valor Presente Líquido realizados, para que a implantação da central seja economicamente viável, deverá possuir um tempo de operação igual ou superior a nove anos, uma vez que para tempos a partir do referido é que o VPL possui valores positivos, significando que haverá o retorno financeiro do valor até então investido.

Publicado
2018-05-07
Edição
Seção
Artigos