ESTUDO DA VIABILIDADE DO USO DO MATERIAL FRESADO PARA RODOVIAS NÃO-PAVIMENTADAS

  • Eduardo Flores Henchen
  • Lucas Carvalho Vier
  • Caroline Oliveira Zimmermann
  • Fábio Henkes Huppes
  • André Luiz Bock

Resumo

A engenharia civil é geralmente vista como um medidor de desenvolvimento no nosso país. Isso principalmente se dá ao fato do setor de infraestrutura pública ser parte do âmbito da indústria da engenharia civil. Tendo isso em vista, temos o principal componente da infraestrutura pública, que é a malha de transportes, tendo foco na malha rodoviária. Diversos estudos são direcionados a área das rodovias, pois estas apresentam altos custos na manutenção, e são alvos de críticas por sua qualidade abaixo do esperado se assim comparadas àquelas presentes em outros países. As rodovias não-pavimentadas são conhecidas como indicadores da qualidade baixa das rodovias nacionais, pois utilizam métodos menos tecnológicos na sua pavimentação. O objetivo principal desse estudo é buscar uma solução da reutilização de resíduos das rodovias pavimentadas como material viável para a estrutura das rodovias não-pavimentadas, conciliando a reutilização com uma redução dos custos de uma obra de pavimentação.

Publicado
2018-05-07
Edição
Seção
Artigos