ALVENARIA ESTRUTURAL EM HABITAÇÕES DE INTERESSE SOCIAL

  • Eder Rafael Rogoski
  • Lucas Carvalho Vier
  • Fabio Henkes Huppes
  • Bruna Gioppo Bueno
  • Eder Claro Pedrozo

Resumo

A busca incessante pela redução de custos e a melhoria da qualidade é algo fundamental na linha da engenharia civil, contudo as dificuldades de manter o controle de qualidade nos métodos construtivos utilizados em empreendimentos de interesse social estão relacionadas principalmente a impedimentos organizacionais, tecnológicos, gestão de canteiro e ao nível de eficiência das fiscalizações. Entre as vastas opções de sistemas construtivos, o sistema racionalizado; alvenaria estrutural tem tomado espaço no mercado da construção de habitações populares no Brasil devido sua fácil adequação aos projetos. Dessa forma o objetivo é avaliar a viabilidade da utilização de alvenaria estrutural (bloco Cerâmico) em habitações de interesse social. Este trabalho será desenvolvido com base em um projeto de habitações populares construídas no município de Santa Rosa RS, onde será comparado o custo de uma unidade habitacional construída com sistema convencional (tijolo 6 furos) e o sistema racionalizado: alvenaria estrutural, considerando a influência no orçamento total da edificação. Conclui-se inicialmente através da pesquisa bibliográfica que a alvenaria estrutural pode trazer redução no custo total da edificação, pois apresenta diversas vantagens construtivas como: redução no consumo de aço, concreto e formas, também minimizando o custo com a mão de obra.

Publicado
2018-04-27
Edição
Seção
Artigos