CRESCIMENTO URBANO E AS QUESTÕES DE ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO SOCIAL

  • Geovane Schulz Rodrigues
  • Tarcisio Dorn de Oliveira

Resumo

O crescimento desordenado aliado à falta de um planejamento efetivo não consegui acompanhar e oferecer soluções necessárias e adequadas a todos os cidadãos, acarretando que muitos, indiferentemente de suas necessidades e características, tenham dificuldades em utilizar, com segurança, os espaços urbanos. O presente ensaio teórico, através de uma revisão bibliográfica e documental, tem como objetivo refletir os desafios enfrentados pelas sociedades, no que tange a acessibilidade e a inclusão de pessoas com deficiência no meio urbanizado, haja visto, que a cidade deve garantir o bem-estar de seus habitantes, e também, o direito à efetivação da cidadania para todos. É dever dos governantes tomarem decisões rápidas diante de problemas diários e, mesmo não sendo uma tarefa fácil é possível sim, aos poucos, transformar as cidades em lugares melhores de se viver, com fácil acesso, segurança, sustentabilidade e inclusão social. Mostra-se de fundamental relevância refletir sobre os caminhos que as cidades estão tomando, para assim, não apenas conscientizar as pessoas sobre a temática, mas também, buscar soluções possíveis para amenizar tal realidade. A inclusão social através da acessibilidade urbana, diante da sociedade contemporânea, engloba novas questões importantes no cotidiano dos sujeitos, como rotinas e processos sociais, além de programas e políticas governamentais / institucionais. Uma cidade para todos implica na garantia de acessibilidade em todas as suas dimensões.

Publicado
2019-02-08
Seção
Artigos