“JOGO DA VIDA”: COMO ESTRATÉGIA PEDAGÓGICA NO PROCESSO DE INCLUSÃO DE UMA ALUNA COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL, NO ENSINO MÉDIO

  • Juliane Braida Benetti
  • Silvana Viera

Resumo

Este relato tem a pretensão de explanar as mediações pedagógicas no espaço da Sala de Recursos, onde acontece o AEE-Atendimento Educacional Especializado, com o objetivo de complementar o processo de inclusão de uma aluna com deficiência intelectual incluída no 1ª Ano do Ensino Médio. Através de atividades concretas, que projetaram estimular hipóteses para a construção do número e o reconhecimento do Sistema Monetário Brasileiro na prática do comércio por meio do “Jogo da vida”. A partir de um referencial teórico fundamentado nas contribuições sócio interacionistas de Vygotsky (1997, 2005, 2007). Considerando também os documentos legais vigentes referentes à Educação Especial numa perspectiva Inclusiva. Salientando, o Estatuto da Pessoa com Deficiência, que vem reiterar que a educação é um direito da pessoa com deficiência, assegurando sistemas inclusivos em todos os níveis e aprendizado para toda a vida, visando o máximo desenvolvimento intelectual considerando as características, interesses e possibilidades de aprendizagem.  

Publicado
2018-06-11
Como Citar
BENETTI, Juliane Braida; VIERA, Silvana. “JOGO DA VIDA”: COMO ESTRATÉGIA PEDAGÓGICA NO PROCESSO DE INCLUSÃO DE UMA ALUNA COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL, NO ENSINO MÉDIO. Feira Regional de Matemática, [S.l.], v. 1, n. 1, jun. 2018. ISSN 2674-7901. Disponível em: <https://publicacoeseventos.unijui.edu.br/index.php/feiramatematica/article/view/9314>. Acesso em: 22 ago. 2019.
Seção
Educação Especial