PROCESSOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS E AS TECNOLOGIAS DIGITAIS

  • Rosana Souza de Vargas UNIJUI
  • Vanessa Vieira Mombach UNIJUI

Resumo

Nos dias de hoje, as mudanças ocorridas na sociedade têm refletido no espaço escolar e na sala de aula contemporânea, principalmente no que tange às transformações nos hábitos de leitura e escrita de estudantes. Isso porque o mundo está cada vez mais globalizado, e a partir do grande crescimento das tecnologias digitais de informação e comunicação (TDIC) na cultura da sociedade contemporânea, principalmente a partir de seu boom na metade do século XX, há a ocorrência de uma grande mudança no processo mundial de produção e popularização das ferramentas digitais, que passam a ser utilizadas nos mais diversos campos e áreas de conhecimento e da sociedade, influenciando, assim, o contexto social, político, econômico e educativo das pessoas. Tal processo, desde então, impacta de maneira expressiva e profunda o cotidiano desses sujeitos, transformando suas relações e interações sociais, comportamentos e, não obstante, as relações cognitivas, afetivas e biológicas no que compete aos diferentes conhecimentos e interações no âmbito escolar e educativo. A partir disso, está cada vez mais difícil do aluno se colocar enquanto escritor e leitor em meio às ferramentas digitais, pois apenas recebem passivamente informações, sem a prática de letramento, de leitura crítica e de posterior produção de sentidos sobre o conhecimento apropriado. Por isso, o objetivo deste trabalho é refletir sobre os processos de ensino e de aprendizagem de línguas, relacionando-os com as Tecnologias Digitais. Assim, para realizar esta produção foi feita uma revisão bibliográfica baseada principalmente nos estudos de Bakhtin (1997; 2011), Antunes (2014), Rojo e Almeida (2012) dentre outros, pela qual buscamos discutir gêneros discursivos, multimodalidade e multiletramentos.

Publicado
2021-02-23
Seção
12 - Pesquisa, ensino e extensão