A feira de ciências como ferramenta de aprendizagem: uma experiência de contextualização e interdisciplinaridade no Ensino de Ciências

  • Bruna Carminatti
  • Everton Bedin

Resumo

O ENSINO DE CIÊNCIAS, TANTO NO ENSINO FUNDAMENTAL QUANTO NO ENSINO MÉDIO, ENCONTRA DIVERSOS ENTRAVES E RESISTÊNCIAS, SEJA POR PARTE DOS ESTUDANTES OU DOS PROFESSORES. DESTA FORMA, O DESAFIO DE MOTIVAR OS ALUNOS E DE PREPARAR ATIVIDADES QUE ENGAJEM ESTES ESTUDANTES NO SENTIDO DE APRENDER AS CIÊNCIAS NATURAIS COM GOSTO E EMPATIA, ESTÁ PRESENTE NO COTIDIANO DE TODAS AS ESCOLAS. PARA VENCER ESTE DESAFIO, É IMPRESCINDÍVEL QUE OS EDUCADORES DA ÁREA DIALOGUEM E CONSTRUAM, JUNTOS, PROPOSTAS DE CONTEXTUALIZAÇÃO NO VIÉS INTERDISCIPLINAR. ASSIM, NO BOJO DA REALIDADE DE UMA ESCOLA PÚBLICA DO NORTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, SURGIU A IDEIA DE CONSTRUIR UM ESPAÇO DIFERENCIADO DE CONVIVÊNCIA, CONSTRUÇÃO E TROCA DE SABERES: UMA FEIRA DE CIÊNCIAS. ESTE TRABALHO VISA EXPLICITAR, POIS, UM POUCO DO TRABALHO CONSTRUÍDO POR PROFESSORES E ALUNOS DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO NO ÂMBITO DA PREPARAÇÃO E REALIZAÇÃO DE UMA ATIVIDADE DESTE CUNHO.
Publicado
2013-10-04
Seção
Apresentação Oral