Um olhar sobre a Formação Inicial Docente em Química: uma contribuição a partir de uma experiência internacional

  • Rejane Maria Ghisolfi da Silva

Resumo

Este estudo analisa os documentos oficiais e técnicos que abordam a formação inicial docente em universidades portuguesas. Fundamenta-se em referenciais teóricos apoiados na teoria de formação profissional. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa do tipo exploratória com o uso da técnica de análise documental. A coleta de dados envolveu dois momentos: revisão sistemática e seleção de documentos e diretrizes oficiais relacionadas a temática; análise documental na qual destaca-se dois eixos temáticos. Os resultados obtidos apontam que a formação docente está organizada em dois ciclos (modelo 3+2); o segundo ciclo destina-se a conferência de habilitação profissional para a docência. As dimensões assumidas no contexto formativo são: reflexão e investigação; colaboração entre o contexto acadêmico e o contexto profissional; valorização da práxis, como espaço epistemológico, e o desenvolvimento profissional.
Publicado
2013-10-03
Seção
Apresentação Oral