FORMAÇÃO DE PROFESSORES NOS CICLOS FORMATIVOS EM ENSINO DE QUÍMICA: PERSPECTIVAS E CAMINHOS A SEREM PERCORRIDOS

  • Juliane Vieira da Silva
  • Judite Scherer Wenzel
  • Rosangela Ines Matos Uhmann
  • Fabiane de Andrade Leite
  • Julieta Saldanha de Oliveira

Resumo

NO PRESENTE TRABALHO A ATENÇÃO ESTÁ PARA EXPECTATIVAS DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA QUE PARTICIPAM DE CICLOS FORMATIVOS EM ENSINO DE QUÍMICA. ACREDITAMOS NA IMPORTÂNCIA DA FORMAÇÃO NUMA PERSPECTIVA COLABORATIVA E POR ISSO, OUVIR OS SUJEITOS PARTICIPANTES DA FORMAÇÃO É CONDIÇÃO DO PROCESSO. OS REFERIDOS CICLOS SE CONSTITUEM COMO UM ESPAÇO DE INTERAÇÃO COM DIFERENTES SUJEITOS: LICENCIANDOS, PROFESSORES FORMADORES E PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA. AO OLHAR PARA AS EXPECTATIVAS DOS PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA FOI POSSÍVEL DELINEAR CAMINHOS PARA O PROCESSO, ESPECIFICAMENTE QUANTO A IMPORTÂNCIA DA SOCIALIZAÇÃO DAS PRÁTICAS NUM MOVIMENTO QUE CONSIGA QUALIFICAR A RELAÇÃO TEORIA-PRÁTICA, NUMA PERSPECTIVA DA PESQUISA-AÇÃO. PARA TANTO APRESENTAMOS RESULTADOS CONSTRUÍDOS A PARTIR DA ANÁLISE DE QUESTIONÁRIOS RESPONDIDOS PELOS PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA COM ATENÇÃO PARA AS SUAS EXPECTATIVAS E PARA A PROPOSTA INICIAL DOS CICLOS FORMATIVOS E AVENTAMOS POSSIBILIDADES PARA OS CAMINHOS A SEREM SEGUIDOS.
Publicado
2013-10-02
Seção
Apresentação Oral