Atenção para a mediação em sala de aula no processo de apropriação conceitual da linguagem científica no decorrer do Estágio Curricular

  • Fabieli Hertz Rhoden
  • Gustavo Steinmetz
  • Leonice Pires da Rosa
  • Judite Scherer Wenzel

Resumo

NESTE TRABALHO APRESENTAMOS UM RELATO DECORRENTE DA PRÁTICA DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO II DE UM CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS. DISCUTIMOS ESPECIFICAMENTE SOBRE AS DIFICULDADES DO APRENDIZADO DOS CONCEITOS CIENTÍFICOS NO ENSINO FUNDAMENTAL. OS ESTUDANTES ACOMPANHARAM AS ATIVIDADES PROPOSTAS REALIZANDO UM REGISTRO ESCRITO SOBRE AS MESMAS E ESSES FORAM OBJETOS DE NOSSA ANÁLISE. OS RESULTADOS INDICIARAM QUE É DIFÍCIL PARA OS ESTUDANTES A APROPRIAÇÃO DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO, POIS, NAS SUAS ESCRITAS PREDOMINOU O USO DE TERMOS DO COTIDIANO EM DETRIMENTO DOS TERMOS MAIS CIENTÍFICOS. COM ISSO FOI POSSÍVEL PERCEBER A IMPORTÂNCIA DO USO DA LINGUAGEM DA CIÊNCIA, SEJA PELA FALA OU PELA ESCRITA, EM SALA DE AULA E, EM ESPECIAL, DA MEDIAÇÃO DO PROFESSOR PARA OPORTUNIZAR O APRENDIZADO. ESSA PRÁTICA DE ESTÁGIO PERMITIU-NOS UMA MAIOR CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE O PAPEL DO PROFESSOR EM AULA E SOBRE AS ESPECIFICIDADES DA LINGUAGEM ADOTADA, EM PARTICULAR, NAS AULAS DE CIÊNCIAS.
Publicado
2013-10-01
Seção
Apresentação Oral